Comércio global perde impulso no 4º trimestre e deve seguir fraco, aponta OMC

Índices de transporte de contêineres, frete aéreo, componentes eletrônicos e matérias-primas estão baixos, segundo barômetro da organização

Estadão Conteúdo

Publicidade

O crescimento do comércio global de mercadorias deverá continuar fraco neste primeiro trimestre de 2023, depois de uma aparente perda de impulso no quarto trimestre de 2022, apontou o barômetro da Organização Mundial do Comércio (OMC). O índice geral recuou de 96,2 para 92,2, bem abaixo da linha de base de 100 da escala que vai de 90 a 110.

Todos os componentes do barômetro caíram abaixo da tendência, com exceção do índice de produtos automotivos (105,8), que foi puxado para cima pelas vendas e produções acima da tendência nos Estados Unidos, na Europa e no Japão, compensando as quedas na China.

O índice de exportações (97.4) continuou abaixo da tendência mas está crescendo, sinalizando uma possível reviravolta em um futuro próximo.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Já os índices de transporte de contêineres (89,3), frete aéreo (87,8), componentes eletrônicos (84,9) e matérias-primas (92,2) estão baixos e seguem em queda, o que mostra que o enfraquecimento do comércio afeta vários setores.