Clima de negócios na Alemanha piora em dezembro, diz instituto Ifo

Índice de Clima de Negócios passou de 87,2 pontos para 86,4 em um mês; expectativas estão baixas

Roberto de Lira

(Getty Images)

Publicidade

O sentimento das empresas da Alemanha caiu em dezembro, após ter experimentado uma reação em novembro. Segundo pesquisa do instituto Ifo divulgada nesta segunda-feira (18), o Índice de Clima de Negócios passou de 87,2 pontos para 86,4 em um mês.

O índice da situação atual dos negócios recuou de 89,4 para 88,5 entre novembro e dezembro, enquanto as expectativas caíram de 85,1 para 84,3.

Segundo o Ifo, o clima na indústria de transformação continuou na área do pessimismo, especialmente entre as que têm utilização intensiva de energia. A carteira de pedidos continua diminuindo de forma geral.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Por outro lado, no setor dos serviços, o clima empresarial melhorou ligeiramente. Os prestadores de serviços estavam mais satisfeitos com seus negócios atuais e relataram menor ceticismo nas suas perspectivas para os próximos seis meses. Nos restaurantes e catering, a situação empresarial atual melhorou, mas as expectativas diminuíram.

Já no comércio, o clima de negócios sofreu um revés. As empresas avaliaram a sua situação atual como bem pior e suas expectativas também diminuíram. Para os varejistas, o comércio de fim de ano tem sido decepcionante.

Na construção, o índice de clima de negócios caiu para o seu nível mais baixo desde setembro de 2005. Um em cada duas empresas espera que os negócios se deteriorem ainda mais nos próximos meses.