Boletim Focus: projeção de inflação para 2024 cai e do PIB sobe na semana

Estimativa do IPCA para 2024 ano recuou de 3,87% para 3,86%, enquanto a mediana das projeções para a evolução o PIB neste ano subiu de 1,59% para 1,60%

Roberto de Lira

Publicidade

A projeção para a inflação de 2024 feita por analistas voltou a cair nesta semana, enquanto a estimativa para o PIB avançou levemente em ante a semana anterior, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (22) pelo Relatório Focus do Banco Central.

Inflação

A estimativa do IPCA para 2024 ano recuou de 3,87% para 3,86%, enquanto a previsão para a inflação de 2025 continua em 3,50% há 26 semanas. A estimativa para 2026 permaneceu nos mesmos 3,50%, nível igual ao dos últimos 29 “Boletins Focus”, o mesmo acontecendo para a projeção de 2027.

A estimativa para os preços administrados dentro do IPCA para 2024 recuou de 4,29% para 4,16%. Para 2025, a previsão subiu de 3,99% para 4,0%, enquanto para 2026 desceu se manteve em 3,50%, a mesma observada para 2027.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Para o IGP-M, a estimativa em 2024 caiu de 4,08% para 4,04% e a de 2025 recuou de 4,0% para 3,99%. Para 2026, a estimativa está mantida em 4,0% há 48 semanas. A de 2027 caiu de para 3,93% para 3,85%.

PIB

A mediana das projeções para a evolução o PIB para 2024 subiu de 1,59% para 1,60%. A projeção para 2025 também foi mantida em 2,0% pela sexta semana seguida e a de 2026 está em 2,0% há 24 semanas consecutivas. A estimativa também está em 2,0% em 2027, há 27 semanas.

Selic

Novamente, as projeções para a taxa básica de juros (Selic) não sofreram alterações em todo o horizonte da pesquisa. A projeção para 2024 ficou nos mesmos 9,00%, segundo os analistas. A estimativa para 2025 se manteve em 8,50% e a projeção para 2026, por sua vez, permanece nos mesmos 8,50% há 24 semanas seguidas. A de 2027 também ficou em 8,50%.

Continua depois da publicidade

Câmbio

A mediana das projeções para o dólar em 2024 passou de R$ 4,95 para R$ 4,92. A de 2025, por sua vez foi mantida em R$ 5,00 e a aposta para 2026 passou de R$ 5,06 para R$ 5,05. A estimativa para 2027 foi mantida em R$ 5,10.

Resultado primário

A projeção para o resultado primário em 2024 permaneceu em -0,80% do PIB. A projeção para 2025, por sua vez, melhorou, passando de -0,66% do PIB para -0,60% do PIB. A projeção para 2026 foi mantida no déficit de -0,50% do PIB e a de 2027 continuou em -0,20% do PIB.

Dívida pública

Para a dívida líquida do setor público, a projeção de 2024 caiu de 64,25% do PIB para 63,80%. A de 2025 também recuou, de 66,55% do PIB para 66,20% do PIB. A de 2026 caiu em 69,20% para 68,60% do PIB. A de 2027 recuou de 71,40% do PIB para 70,0% do PIB.

Balança comercial

A projeção para a balança comercial brasileira em 2024 subiu pela segunda semana seguida, de US$ 75,0 bilhões para US$ 75,90 bilhões, enquanto a de 2025 avançou de US$ 68,50 bilhões para U$ 70,0 bilhões. A estimativa para 2026 também cresceu dos US$ 70,0 bilhões da semana passada para US$ 71 bilhões. Par 2027, a projeção avançou de US$ 70 bilhões para US$ 74 bilhões.