Boletim Focus: projeção de inflação e dólar para 2023 recua; estimativas de IPCA para 2024 e PIB sobem

Banco Central atualizou as projeções do mercado

Camille Bocanegra

Publicidade

A projeção para a inflação de 2023 feita por analistas subiu, ao contrário da estimativa para o IPCA de 2024, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (20) pelo Relatório Focus do Banco Central. A previsão para o crescimento do PIB para este ano e para o próximo também avançou.

A estimativa do IPCA para este ano passou dos 4,55% da semana passada para 4,51%, enquanto a previsão para a inflação de 2024 passou de 3,92% para 3,93%. A projeção para a inflação de 2025 está em 3,50% há 20 semanas. Já a estimativa para 2026 permanece nos mesmos 3,50% nos últimos 23 Boletins Focus.

A projeção para os preços administrados dentro do IPCA em 2023 se manteve no patamar da semana anterior, aos 9,11%. A estimativa para 2024 recuou para 4,41%. A previsão dos analistas para esses preços em 2025, recuou de 3,94% para 3,90% e a projeção para 2026 está mantida em 3,50% há 20 semanas.

Continua depois da publicidade

Para o IGP-M, a perspectiva de deflação se manteve em -3,46%, enquanto a estimativa para 2024 subiu de 4,07% para 4,09%, e as de 2025 e 2026 continuaram em 4,0%.

PIB

A mediana das projeções para a evolução o PIB em 2023 subiu para 2,92%, enquanto a projeção para 2024 subiu para 1,51% após ficar em 1,50% por 11 pesquisas. A projeção para 2025 subiu de 1,90% para 2,00%, e a de 2026 está nos mesmos 2,0% há 18 semanas seguidas.

Selic

As projeções para a taxa básica de juros (Selic) não sofreram alterações em quase todo o horizonte da pesquisa. A estimativa para o final de 2023 continuou em 11,75%, enquanto a projeção para 2024 ficou nos mesmos 9,25%, A estimativa para 2025 se manteve em 8,50%. A projeção para 2026, por sua vez, está nos mesmos 8,50% há 18 semanas seguidas.

Câmbio

A mediana das projeções para o dólar em 2023 recuou de R$ 4,99 na semana anterior para R$ 4,95, enquanto a projeção para 2024 caiu de R$ 5,03 para R$ 5,00. A de 2025 foi mantida em R$ 5,10 e a aposta para 2026 passou de R$ 5,16 para R$ 5,15.

Resultado primário

A projeção para o resultado primário em 2023 recuou para -1,20% do PIB. A estimativa de déficit também recuou para 2024, com -0,76% do PIB. Para 2025, continuou em -0,60% do PIB, enquanto a projeção para 2026 ficou nos mesmos -0,50% do PIB.

Dívida líquida

A projeção para a dívida líquida do setor público continuou em 61,0% do PIB em 2023, enquanto a de 2024 cresceu de 64,10% do PIB para 63,95% do PIB. A de 2025 subiu de 66,00% do PIB para 66,10% do PIB e a de 2026 recuou de 67,70% do PIB para 67,55% do PIB.

Balança comercial

A projeção para a balança comercial brasileira em 2023 subiu, com o superávit estimado saindo de US$ 78,40 bilhões para um saldo positivo de US$ 78,80 bilhões. A estimativa para 2024 também avançou, de US$ 67,20 bilhões para US$ 68,50 bilhões, enquanto a de 2025 cresceu de US$ 61,40 bilhões para US$ 63,50 bilhões e a de 2026 subiu de US$ 60,30 bilhões para US$ 61,20 bilhões.

Aula Gratuita

Os Princípios da Riqueza

Thiago Godoy, o Papai Financeiro, desvenda os segredos dos maiores investidores do mundo nesta aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.