Bancos chineses reduzem taxas e ampliam expectativa por cortes de juros do PBoC

As taxas de juros com prazo de três meses, seis meses e um ano foram reduzidas em 0,1 p.p., enquanto a taxa de dois anos caiu 0,2 ponto

Estadão Conteúdo

Publicidade

Os maiores bancos da China anunciaram a redução das taxas de depósito oferecidas aos poupadores, uma medida que poderá abrir caminho para que o banco central do país faça cortes nas taxas de juros para estimular o crescimento econômico.

Cinco credores estatais e o China Merchants Bank disseram que os cortes nas taxas entraram em vigor nesta sexta-feira (22). As cinco instituições foram o Banco Industrial e Comercial da China, o Banco de Construção da China, o Banco Agrícola da China, o Banco da China e o Banco de Comunicações.

As taxas de juros dos depósitos a prazo com prazo de três meses, seis meses e um ano foram reduzidas em 0,1 ponto percentual, enquanto a taxa dos depósitos a dois anos caiu 0,2 ponto percentual, segundo comunicados e informações divulgadas pelos bancos.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

As taxas dos depósitos de três e cinco anos foram reduzidas em 0,25 ponto percentual cada.

“Taxas de depósito mais baixas devem ajudar a aliviar as pressões sobre as margens de juros líquidas dos bancos e estabelecer as bases para que o PBoC Banco do Povo da China reduza as suas taxas de empréstimo em janeiro, que permaneceram inalteradas nos últimos quatro meses”, disse Lu Ting, economista do Nomura.

(Dow Jones Newswires)