Argentina pode recorrer em ação judicial de hedge funds sobre títulos vinculados ao PIB

País recebeu permissão para contestar essa decisão no início deste mês

Reuters

Publicidade

LONDRES (Reuters) – A Argentina recebeu permissão para recorrer após perder uma ação judicial em Londres movida por quatro hedge funds sobre títulos denominados em euros, o que deixou o país diante de uma conta de aproximadamente 1,5 bilhão de dólares, disseram os advogados da Argentina nesta quarta-feira.

Os fundos, que detinham cerca de 48% dos títulos vinculados ao Produto Interno Bruto (PIB) da Argentina em 2013, ganharam no julgamento e um juiz determinou que a Argentina deveria pagar 1,33 bilhão de euros mais juros em relação a todos os títulos vinculados ao PIB.

Mas a Argentina recebeu permissão para contestar essa decisão no início deste mês, disseram os advogados do país em documentos judiciais em uma audiência preliminar na Corte de Apelação em Londres.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A Argentina, no entanto, recebeu permissão para recorrer com a condição de pagar cerca de 310 milhões de euros a serem mantidos em depósito até a decisão de seu recurso.

O país pediu à Corte de Apelação que reconsiderasse essa condição, com sua advogada Tamara Oppenheimer argumentando que isso causaria “danos ao povo da Argentina”.