Anec aponta redução nas exportações de soja, farelo e milho do Brasil em junho

Exportação deverá ficar abaixo do volume registrado no mesmo mês do ano passado, quando o país colheu safras recordes

Reuters

Colheita de soja no Rio Grande do Sul (REUTERS/Diego Vara)
Colheita de soja no Rio Grande do Sul (REUTERS/Diego Vara)

Publicidade

A exportação de soja, farelo de soja e milho do Brasil em junho deverá ficar abaixo do volume registrado no mesmo mês do ano passado, quando o país colheu safras recordes, apontou nesta quarta-feira (5) a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec).

A exportação de soja deve alcançar 12,08 milhões de toneladas neste mês, versus 13,84 milhões na comparação anual. Também ficaria abaixo do total de maio (13,37 milhões de toneladas).

Invista com a XP e garanta um ingresso para o Global Agribusiness Festival. Confira como conseguir.

Continua depois da publicidade

Já a exportação de farelo de soja do Brasil foi estimada em 1,99 milhão de toneladas em junho, ante 2,20 milhões no mesmo período do ano anterior e 1,97 milhão em maio.

A exportação de milho do país já começa a ganhar força em junho, uma vez que no segundo semestre tende a se avolumar.

Ainda assim, ficará cerca de 200 mil toneladas abaixo do mesmo mês do ano passado, somando 1,05 milhão de toneladas. Mas esse volume é o dobro do registrado em maio.