De saída

Acordo do Brexit é aprovado pelo parlamento britânico por 329 votos a 299

É a primeira vez em que o Parlamento aceita o que foi negociado entre o governo britânico e a União Europeia

SÃO PAULO – O acordo entre União Europeia e Reino Unido para o Brexit foi aprovado pelo Parlamento britânico por 329 votos a 299.

É a primeira vez em que os congressistas apoiam a saída negociada pelo governo com o bloco de países e uma grande vitória para o primeiro-ministro inglês, Boris Johnson.

Ainda não é o fim do processo, contudo. Os parlamentares ainda precisam passar o Brexit pela Câmara dos Comuns antes dele se tornar definitivo, de modo que deve haver um pedido de extensão do prazo para a saída definitiva do Reino Unido.

A comemoração, porém, durou pouco. Logo após a vitória do acordo, Johnson foi derrotado, por 322 votos a 308, em uma votação em que pedia para acelerar o processo para ocorrer em três dias.

Mais cedo, antes da votação, muitos parlamentares já haviam expressado frustração por este prazo de três dias, já que não teriam tempo suficiente para entender todo o acordo que foi costurado, que está em um documento com mais de 100 páginas.

LEIA MAIS: Votação do Brexit: um resumo sobre a saída do Reino Unido da UE

Esta pressa do atual governo se dá na intenção de conseguir cumprir a promessa de realizar o Brexit no dia 31 de outubro. Além disso, existem temores de que dar mais tempo para a análise do projeto pode levar a alterações na proposta, o que tende a estender ainda mais o drama dos britânicos.

O cenário que se desenha leva a crer que dificilmente o Reino Unido deixará a UE no prazo estabelecido e a extensão será necessária para evitar o chamado “Brexit duro”, ou seja, sem acordo, o que mergulharia a região em caos diante da falta de regras e leis para controlar a relação entre o bloco europeu e os britânicos.

Quer investir melhor o seu dinheiro? Clique aqui e abra a sua conta na XP Investimentos