Do Zero Ao Topo

Diáspora.black: a história da startup de empreendedorismo que celebra a cultura negra

Fundada em 2016, a Diáspora.Black hoje é uma plataforma de hospedagens e cursos e realiza treinamentos para grandes empresas. Confira a história no podcast

Por  Letícia Toledo -

Ideias para a criação de startups costumam surgir das dificuldades e dos problemas enfrentados por empreendedores ou pelas pessoas em geral. No caso da Diáspora.black não foi diferente. Mas, a dificuldade enfrentada pelos fundadores dessa startup é, na verdade, um problema estrutural da nossa sociedade: o racismo.

Cansados da discriminação enfrentada durante o turismo, os três fundadores criaram uma plataforma de hospedagem focada na cultura negra. Fundada em 2016, a Diáspora.Black evoluiu. Hoje, além de viagens, também oferta cursos em sua plataforma e realiza treinamentos para grandes empresas.

“Falar sobre startups na comunidade negra era algo ainda muito novo. Fizemos muito barulho para mobilizar o ecossistema afroempreendedor que hoje está aí crescendo”, relembra Carlos Humberto Silva, CEO e cofundador da Diáspora.black.

A história de Silva e da startup são temas do episódio 124 do podcast do Do zero ao Topo. O programa está disponível em vídeo no Youtube ou em áudio em plataformas como ApplePodcastsSpotifyDeezerSpreakerGoogle PodcastCastbox e Amazon Music.

Desde pequeno, Silva sempre utilizou a comunicação para mobilizar e liderar grupos. Uma de suas primeiras empreitadas foi aos 11 anos de idade, quando organizava excursões do município de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, para as praias do Rio de Janeiro. “Era um movimento que na década de 1980 ficou conhecido como ‘farofeiros’. Eu era um mobilizador de farofeiros no Rio de Janeiro”, conta ao podcast.

A ideia da Diáspora viria muitos anos depois — fruto do preconceito que Silva viveu e relatos que ouviu de outras pessoas negras. “Eu morava em uma casa no bairro de Santa Teresa, no Rio de Janeiro, e coloquei um dos quartos para alugar. As pessoas olhavam para o apartamento e olhavam para mim com desconfiança, perguntavam o que eu fazia da vida, como se um homem negro não pudesse ter um apartamento daqueles”, diz.

Hoje, a comunidade da Diáspora.black reúne mais de 41 mil pessoas e está presente em 145 cidades de 15 países. O designer André Ribeiro e o jornalista Antonio Luz são os outros dois fundadores da startup. Confira as estratégias utilizadas por ela para crescer e seus planos para o futuro no podcast.

Do Zero Ao Topo
Toda semana uma nova história de sucesso no mundo dos negócios:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.

Sobre o Do Zero ao Topo

O podcast Do Zero ao Topo traz, a cada semana, um empresário de destaque no mercado brasileiro para contar a sua história, compartilhando os maiores desafios enfrentados ao longo do caminho e as principais estratégias usadas na construção do negócio.

O programa já recebeu nomes como André Penha, cofundador do QuintoAndar; David Neeleman, fundador da Azul; José Galló, executivo responsável pela ascensão da Renner; Guilherme Benchimol, fundador da XP Investimentos; Artur Grynbaum, CEO do Grupo Boticário; Sebastião Bonfim, criador da Centauro; e Edgard Corona, da rede Smart Fit.

Compartilhe