Em dasa

Com mudanças de cargos, ações da Dasa recuam 5,33% e lideram perdas na semana

Após renúncia do CFO e do diretor comercial, papel despontou na maior queda do Ibovespa na 2ª feira e seguiu trajetória negativa

SÃO PAULO – As ações da Diagnósticos da Americana (DASA3) lideraram as perdas da carteira teórica do Ibovespa na semana terminada em 17 de fevereiro, apontando recuo de 5,33% e cotadas a R$ 15,62. Já o benchmark da bolsa brasileira obteve valorização de 3,45% no período entre os dias 13 e 17 de fevereiro, chegando aos 66.203 pontos.

O início das mudanças na administração da companhia nesta semana pesaram no humor dos investidores. Na segunda-feira (17), após o fechamento do mercado, a Dasa anunciou duas alterações em sua diretoria, com os pedidos de renúncia do CFO (Chief Financial Officer), Maurício Puliti, e do diretor comercial, Rodrigo Musiello.

Assim, o ativo DASA3 apontou quedas acentuadas nos dois primeiros pregões da semana. O papel despontou na maior queda do benchmark da bolsa na segunda-feira (13), com desvalorização de 2,12%, e no terceiro maior recuo do índice na terça-feira (14), com depreciação de 4,02%.

Antecipação de demissões
Em relatório sobre a mudança do quadro executivo da empresa, o analista da Itaú Corretora, Márcio Osako, afirma que apesar dessas mudanças já serem esperadas, por conta da reestruturação da companhia após a aquisição da MD1, estas foram recebidas de forma negativa pelo mercado. A troca de postos cria incertezas e acrescenta um risco de execução no curto prazo.

O departamento de Relações com Investidores da Dasa revelou que uma reestruturação ampla em seu quadro administrativo será anunciada provavelmente em duas semanas. Segundo Osako, as renúncias podem ter sido uma antecipação dessas movimentações.

Destaques de queda da semana
Entre as maiores quedas do Ibovespa nesta semana, também tiveram destaque as ações ordinárias da Vale (VALE3, R$ 42,93, -3,16%), Usiminas (USIM3, R$ 15,57, -2,81%), CSN (CSNA3, R$ 17,50, -2,13%) e Bradespar (BRAP4, R$ 35,43, -1,67%).

 

Contato