Índice de Governança Corporativa Novo Mercado IGC-NM

Sigla: IGC-NM

Tipo: ÍNDICE SETORIAL

O Índice de Governança Corporativa Novo Mercado (IGC-NM) reflete o desempenho médio dos ativos do segmento Novo Mercado. Este segmento lista ações de empresas que adotam, voluntariamente, práticas de governança corporativa adicionais às que são exigidas pela legislação brasileira.

Parar estar no Novo Mercado, a empresa deve ter o capital composto exclusivamente por ações ordinárias com direito a voto. Além disso, todos os acionistas têm direito a vender suas ações pelo mesmo preço do controlador (tag along de 100%). O segmento ainda tem outras exigências, como instalação de área de Auditoria Interna, função de Compliance e Comitê de Auditoria.

Também é obrigatório que o conselho de administração contemple no mínimo 2 ou 20% de conselheiros independentes. A empresa se compromete a manter, no mínimo, 25% das ações em circulação (free float). Em caso de volume médio diário de negociação (ADTV) superior a R$ 25 milhões, deve ter 15% em free float.

Os ativos que compõe o índice devem ter presença em pregão de 50% no período de vigência das 3 carteiras anteriores ou em seu período de listagem. Ficam excluídos ativos que sejam considerados “penny stocks”, negociados a menos de R$ 1.

Não fazem parte desse índice os BDRs e ativos de companhias em recuperação judicial ou extrajudicial. Também ficam excluídas empresas em regime especial de administração temporária e intervenção.

O IGC-NM é um índice de retorno total. Ele é um indicador que procura refletir não apenas as variações nos preços dos ativos integrantes do índice no tempo. O IGC-NM também reflete o impacto que a distribuição de proventos por parte das companhias emissoras desses ativos teria no retorno do índice.

Seja sócio das melhores empresas da Bolsa: abra uma conta na XP Investimentos – é grátis!