Gradiente IGBR3F

IGB S/A ON

error_outline Atualizado às 17h15. Delay 15 min
arrow_downward

2,22

-3.89%

2,21

2,36

748,62

Fechamento anterior 2,29
Abertura 2,36
Negócios 29,00
Quantidade 330,00
Volume 748
Mín — Máx (Dia) 2,21 - 2,36
Variação (Dia) -3.89%
Variação (Mês) +1.36%
Variação (2019) +26.13%
Variação (52 semanas) +3.73%

Sigla: IGBR3F

Tipo: AÇÕES

A IGB Eletrônica S/A, anteriormente designada Gradiente, é uma empresa fabricante de eletrônicos. A empresa trabalha com um portfólio focado em equipamentos de som. Em julho de 2019 a empresa também anunciou que pretende produzir inversores de energia solar.

A companhia teve pedido de recuperação judicial aceito em maio de 2018. Um plano de recuperação extrajudicial havia sido homologado em junho de 2010, mas no fim de 2017 foi extinto. Pelo pedido aceito em 2018, a IGB contava 250 credores e uma dívida de R$ 442,8 milhões.

Criada em 1965, a gradiente produziu o primeiro amplificador transistorizado do país. Em 1979 veio o telefone padrão brasileiro e em 1989 o primeiro CD player. A empresa lançou um modelo de celular analógico ainda em 1993 e em 1997 um celular digital.

No ano de 1998 lançou o primeiro DVD player nacional, em 1999 um mp3 player portátil e em 2006 comercializou uma HDTV.

Por conta de dificuldades financeiras, a produção da empresa foi paralisada em 2007. No ano de 2010 ela alterou o nome de Gradiente para IGB Eletrônica.

A IGB Eletrônica está listada na B3 com ações ordinárias (IGBR3) e está no mercado fracionado (IGBR3F).

Seja sócio das melhores empresas da Bolsa: abra uma conta na XP Investimentos – é grátis!