AO VIVO Entenda como o Auxílio Brasil, novo programa do governo, impacta o mercado; assista

Entenda como o Auxílio Brasil, novo programa do governo, impacta o mercado; assista

AES Tiete (AESB3)

AES BRASIL ON NM

error_outline Atualizado às 17h15. Delay 15 min
arrow_upward

11,92

+0.59%

11,83

12,16

400.223,77

Fechamento anterior 11,85
Abertura 12,16
Negócios 2113
VolumeR$ 400223,77
Mín — Máx (Dia) 11,83 - 12,16
Variação (Dia) +0.59%
Variação (Mês) -4.41%
Variação (2021) -28.49%
Variação (52 semanas) -21.42%

Invista com taxa Zero

Sobre Aes Tiete

Sigla: AESB3

Tipo: Ações

Setor: Energia E Saneamento

Ativo Total R$ 1,79 B
Dívida Líquida R$ -2,4 M
Patrimônio Líquido (PL) R$ 1,79 B
Retorno sobre o Capital (ROIC) -0.03%

A AES Brasil é uma empresa geradora de energia elétrica. Ela atua com geração por meio de usinas hidrelétricas, eólicas e solares.

Seu parque gerador hidráulico é composto por nove usinas hidrelétricas e três Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH’s). As usinas estão localizadas nos rios Tietê, Grande, Pardo e Mogi-Guaçu, todos no estado de São Paulo. A companhia tem concessão de 30 anos (até 2029) para a fonte hidráulica.

Em 2017 passou a atuar com fonte eólica, após aquisição do Complexo Eólico Alto Sertão II. A energia produzida foi contratada por 20 anos por meio de dois leilões. Os contratos expiram em 2033 e 2035.

No mesmo ano, a AES Brasil iniciou a produção de energia por fonte solar, após aquisição do Complexo Solar Boa Hora. A planta foi outorgada no 8º Leilão de Energia de Reserva realizado em 2015, com o direito de fornecimento de energia contratada por 20 anos. A empresa também adquiriu o direito de comercializar, no mercado regulado, energia a ser gerada pelo Complexo Solar Água Vermelha II.

Em 2019 a AES Brasil era controlada por uma holding formada pela AES Corp e pelo BNDES Participações.

A empresa teve início em 1999, quando o grupo AES adquiriu a Companhia de Geração de Energia Elétrica Tietê. Esta foi uma das empresas criadas no processo de privatização da Companhia Energética de São Paulo (CESP).

Em 2015, foi finalizada a reestruturação societária da AES e de sua controladora, a Companhia Brasiliana de Energia. Nessa reestruturação, a AES Brasil incorporou a a AES Rio PCH Ltda.

A Empresa está listada na B3, no segmento Novo Mercado, com ações ordinárias (AESB3). Ela está listada no mercado fracionado (AESB3F)..

Seja sócio das melhores empresas da Bolsa: abra uma conta na XP Investimentos – é grátis!

Dados complementares fornecidos pela

Com dinheiro