Em conteudo-patrocinado

Crowdfunding imobiliário se firma no Brasil como excelente opção de investimento

Nos últimos anos, nada transformou tanto a maneira de investir quanto as plataformas digitais.  Aplicar em ações e títulos se tornou gradativamente mais acessível, abrindo espaço para o surgimento de novas modalidades de investimento

Entre as alternativas inovadoras de investimento está o crowdfunding, modalidade já conhecida no universo das startups de tecnologia. “Aplicado ao mercado imobiliário, reconhecido pela estabilidade e segurança, o crowdfunding possibilita o levantamento coletivo de recursos para projetos, com benefícios para o empreendedor, que consegue se financiar a taxas mais atrativas do que as praticadas no sistema bancário, e também para investidores, que podem acessar ofertas com rentabilidades muito superiores às aplicações tradicionais em renda fixa”, explica Mauricio Carrer, sócio da plataforma de crowdfunding imobiliário Glebba. “Em muitos casos, a rentabilidade mínima garantida já é superior à grande maioria dos produtos financeiros disponíveis em bancos e corretoras”, completa.

As regras para o crowdfunding de investimentos no Brasil são regulamentadas desde julho de 2017 pela Instrução 588, norma da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que regula o mercado de capitais. A norma é considerada uma das mais modernas do mundo, e garante a segurança jurídica desta modalidade de investimento no Brasil.

 Retomada do setor imobiliário e queda da Selic

“Sem dúvida, a economia deverá continuar acelerando em 2018, o que anima alguns setores do mercado a preverem um crescimento de 2,5% a 3% neste ano”. Esse é um trecho de nota publicada pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP). “Com a queda dos juros e o desemprego deixando de aumentar, os reflexos no mercado começaram a ser sentidos”, explica Odair Senra, vice-presidente de Imobiliário do SindusCon-SP, em entrevista à revista Construção Mercado. Para este ano, o vice-presidente da entidade espera reflexos ainda mais consistentes no mercado imobiliário, tornando este um momento favorável para se investir no setor.

Estes fatores, somados à recente queda da taxa Selic, que passou de 14,25% ao ano no final de 2016 para o atual patamar de 6,50% ao ano, favorecem o investimento em crowdfunding imobiliário, já que o setor é um dos mais beneficiados pela redução da taxa de juros. “Investimentos tradicionais em renda fixa hoje rendem menos da metade do que rendiam em 2016. Muitos, inclusive, possuem rentabilidade abaixo da poupança. O crowdfunding imobiliário se mostra uma alternativa muito interessante para alcançar rentabilidades muito superiores às hoje disponíveis no mercado, se valendo da segurança do mercado imobiliário e sua tendência de valorização”, explica Mauricio.

 Dois bons motivos para investir no mercado imobiliário

  1. Investir em imóvel é seguro.  Quem investe em terra, não erra. Ao aplicar em um empreendimento imobiliário, há garantia real, que é o bem físico.
  2. Rentabilidade acima dos produtos financeiros tradicionais. O modelo de crowdfunding permite o investimento nas etapas de desenvolvimento e produção do empreendimento imobiliário, antes acessíveis apenas a investidores institucionais.

Por que investir com a Glebba?

    1. Oferecemos interface 100% online.
    2. Diminuímos as etapas burocráticas para a realização do investimento.
      3. Somos uma plataforma regulamentada pela CVM.

É fácil investir!

      1. Escolha a oferta em que deseja investir.
      2. Preencha o cadastro (é rápido!) e informe o valor (a partir de R$ 1.000,00) que pretende investir.
      3. Conclua o investimento.

Faça uma simulação em nossa plataforma.

Glebba: o crowdfunding imobiliário seguro.
É online, é fácil, é garantido.

Acesse já: www.glebba.com.br

 

 

Contato