Opinião – Você deve deixar seu emprego para negociar no mercado financeiro?

Confira as perguntas que você deve se fazer se acha que pode estar pronto para negociar no mercado financeiro em tempo integral
Por  Guilherme Muniz -
info_outline

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

Nesses 14 anos no mercado financeiro, cinco deles ensinando às pessoas o melhor caminho para lucrar, conheci inúmeras pessoas que me falavam que, em algum momento no futuro, planejavam largar seus empregos das 9h às 18h e tornar o trade a função principal.

Os especuladores que entraram recentemente no mercado e ganharam um bom dinheiro também planejam tornar a profissão trader como a única exercida durante o dia. Embora seu otimismo fosse certamente algo positivo do ponto de vista de suas ansiedades de aprender sobre esse universo de possibilidades dentro do mercado.

Muitas pessoas pensam em negociar no mercado durante o dia para escapar dos problemas que enfrentam em seus empregos atuais. Abandonar o cargo, trabalhar de qualquer lugar, sem chefe e política empresarial parece o emprego dos sonhos para todas essas pessoas.

Mas a realidade pode ser diferente.

Uma pessoa pode ganhar a vida negociando em tempo integral? A resposta mais direta a esta pergunta é: SIM, é possível ganhar a vida negociando em tempo integral. Mas não é fácil. É preciso foco, disciplina e controle emocional.

Você que está lendo este artigo deve responder as perguntas abaixo de forma honesta e diligente. Elas podem ajudar a determinar se você está pronto para tentar se juntar aos melhores no posto de trader profissional.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Essas são perguntas que você deve se fazer se acha que pode estar pronto para negociar no mercado financeiro em tempo integral como fonte de renda principal:

– Você consegue se manter operando apenas das 9h às 12h, de forma lucrativa?

Você precisa ser bem-sucedido operando no mercado nesse meio-período antes de passar para a categoria de trader em tempo integral. Não se iluda achando que negociar futuros durante o dia todo irá salvar suas operações malfeitas durante esse meio período. Em outras palavras, não diga a si mesmo: “Se pudesse passar mais tempo negociando no mercado poderia ter mais sucesso do que tive apenas negociando pequenos lotes aqui e ali…”

– Você tem dinheiro suficiente disponível para viver seis meses, no mínimo, mesmo que tenha uma série de negociações perdedoras?

Uma sequência de derrotas é muitas vezes inevitável, ela ocorrerá cedo ou tarde. E não me refiro a uma série de quatro dias seguidos de perdas. Pense no pior cenário possível, como sua conta de negociação na corretora no zero. Você seria capaz de sobreviver a esse período ruim sem que sua vida familiar fosse perturbada?

– Você tem resistência psicológica para ser um trader profissional?

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A maioria das pessoas, francamente, não tem essa resistência. Sua mente pode lidar com vários dias de perda?

– Seus familiares mais próximos irão apoiá-lo mesmo durante um período difícil de negociação?

Acredite ou não, esta é uma questão muito importante. Por exemplo: se seu cônjuge não apoiar sua decisão de negociar no mercado financeiro o dia inteiro, provavelmente você estará fadado ao fracasso. A pressão de ter que produzir negociações vencedoras e saber que seu cônjuge é cético em relação aos seus esforços é quase que insuportável.

– Você será capaz de sustentar sua família ou outras responsabilidades importantes mesmo durante um período difícil?

Você tem dinheiro de reserva suficiente para sustentar uma sequência de derrotas? Imagine que você seja uma empresa, que precisa de capital de giro para se manter de portas abertas, pois apenas um mês de resultados não indicam sucesso. Você pode sair de seu estilo de vida luxuoso quando ter essa sequência de perdas?

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Se você respondeu “SIM” com os motivos e as justificativas adequadas, é possível pensar em ter o trade profissional como sua fonte de renda principal.

Caso contrário, não arrisque sua vida pessoal e financeira.

Mais uma coisa: tenho alunos que são traders profissionais e operam o dia inteiro, ou somente algumas horas ao dia, mas se enquadram em uma categoria diferente da que descrevi acima.

Essas pessoas têm dinheiro suficiente para negociar a qualquer horário, mesmo que seus lucros por si só não sustem seu estilo de vida. São indivíduos que já possuem liberdade financeira derivada de outros meios além de suas negociações de futuros.

Além disso, tenho muitos leitores que agora são traders profissionais e que são aposentados de outras profissões, querendo passar “o outono de suas vidas” fora de uma cadeira de balanço, mas sim em um campo de batalha que seja desafiador para eles. Novamente, eles também têm outros meios de renda além de apenas lucros negociados em mercado futuro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Guilherme Muniz CEO da Lobos do Mercado Investimentos e produtor de conteúdo na Clear Corretora

Compartilhe

Mais de A vida dos traders