Londres e os melhores parques do mundo

Londres, Inglaterra.São rosas? Sim eram rosas. Nunca me esquecerei. Era a primeira vez que visitava um parque inglês. Na realidade, era a primeira vez que visitava Londres, a capital da Inglaterra. Além das rosas, dezenas de outras flores multicoloridas brigavam pelo olhar “embasbacado” de turistas, frequentadores habituais e desocupados de plantão. Vermelhas, amarelas, púrpuras, lindas! […]
Por  Paulo Panayotis
info_outline

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

Londres, Inglaterra.São rosas? Sim eram rosas. Nunca me esquecerei. Era a primeira vez que visitava um parque inglês. Na realidade, era a primeira vez que visitava Londres, a capital da Inglaterra. Além das rosas, dezenas de outras flores multicoloridas brigavam pelo olhar “embasbacado” de turistas, frequentadores habituais e desocupados de plantão. Vermelhas, amarelas, púrpuras, lindas! Estava no Queen`s Mary Gardens, ou, o Jardim da Rainha Mary. Estava embasbacado! Tive a oportunidade (e a sorte) de morar e trabalhar em Londres por duas vezes. Neste período, nas raras folgas, visitava parques. Adoro flores. Adoro a alegria estética que elas trazem. E os ingleses também. Aliás, os britânicos em geral. Como desbravadores, os britânicos levaram seu império para grande parte do mundo. E trouxeram de volta flores e plantas do mundo inteiro. Charles Darwin, o famoso naturalista inglês que criou a teoria da evolução das espécies, foi um dos que contribuíram para esta paixão dos britânicos. Por onde passou coletou, além de fauna terrestre e marinha, milhares de flores e plantas. Catalogou tudo. De volta ao Reino Unido, espalhou sua paixão pelas famílias de todo o país. Por conta disto, foi enterrado na Abadia de Westminster rodeado de plantas, flores e jardins. Então, algumas dicas dos meus parques preferidos em Londres.
1_queen`s_mary_gardens,_londres,_inglaterra
Queen`s Mary Gardens e as rosas das rainhas
Regents Park

O parque dos regentes, ou Regents Park, é um dos maiores e mais bem preservados de toda a Gran Bretanha. Foi lá que fiquei extasiado com a quantidade e qualidade das rosas plantadas. São mais de 12 mil flores de 400 variedades. De todas as cores, na primavera, a impressão é estar dentro de uma fábrica de perfumes tamanho o aroma que se desprende. Do conjunto do Regentes Park também fazem parte Open Air Theatre( Teatro a céu aberto) , o Queen`s Mary Gardens , o zoológico de Londres e meu parque predileto: o Primrose Hill.
2_entrada_do_parque_primrose_hil,_londres_inglaterra
Paulo Panayotis na entrada do Parque Primrose Hill: só residentes conhecem…

Nada de excepcional no Primrose, a não ser que raramente se vê muitos turistas por lá. Eu morava a algumas quadras deste parque fantástico que abriga mais de 100 espécies de pássaros selvagens. Isto mesmo! Bem no meio de Londres, pássaros selvagens. Na primavera e no outono é comum ver os bichinhos chegando e partindo por causa do rigoroso inverno ( por lá o inverno é invertido em relação ao Brasil, ou seja,  vai de 21 de dezembro a 20 de março).  Detalhe: o acesso é gratuito já que muitos parques ingleses cobram ingresso. Para nós brasileiros, pagar para ir a um parque é no mínimo estranho. Mas acreditem. Vale a pena. Até porque os parques ingleses são verdadeiras obras de arte. Eu até brinco que os jardineiros devem trabalhar de madrugada pois não me lembro de ter visto algum trabalhando durante o dia.
Hyde Park
Um dos mais famosos e visitados parques ingleses, o Hyde Park é formoso, relativamente pequeno e muito bem cuidado. Inesquecível andar por lá e pedalar no lago Serpentine, conhecer o memorial da Princesa Diana ou mesmo alugar uma cadeira e ficar tomando sol vendo a vida passar.

St.James Park
Quer ver e ser visto? Então vá ao St. James. Aproveite e dê uma esticadinha a pé até o Palácio de Buckingham para ver a troca da guarda real. Imperdível por lá o Palácio de Westminster. Tudo a um passo do parque. Mas atenção: você estará sempre acompanhado por milhares de turistas.

Kensigton Gardens.
É o parque onde mora a realeza? Quer ver algum deles?  Vá ao parque Kensigton. Chiquérrimo!
3_parque_hampstead_heath_londres_inglaterrajpg
Parque Hampstead Heath o mais selvagem e menos turístico de Londres
Hampstead Heath

Quer paz e tranquilidade? Natureza selvagem e distancia dos turistas? Vá a Hampstead Heath. Espetacular!

Quer mais dicas? Vá até o portal O Que Vi Pelo Mundo. Por lá vídeos, dicas e mais dicas de Londres. Afinal, morei lá por duas vezes. No site você vai conhecer histórias como a do turista brasileiro que, maravilhado com a perfeição da grama nos parques, pergunta a um Londoner( quem nasce em Londres se chama Londoner):
– Como vocês fazem para ter uma grama tão perfeita, impecável?
– É simples, responde o inglês. Basta abrir um bom buraco no chão, plantar a grama e regar por aproximadamente cem anos. Fica assim!

FOTOS: PAULO PANAYOTIS/ADRIANA REIS

Compartilhe

Mais de Sua viagem, seu investimento

Sua viagem, seu investimento

Liverpool continua #cool!!!

Liverpool / Inglaterra – Foi a primeira vez que vi neve no Reino Unido. Estive em Liverpool há mais de uma década. Fiquei fascinado. Trabalhava como correspondente em Londres e fui gravar uma reportagem relacionada aos Beatles. Era inverno. Muito frio, muito, muito vento. No bate a volta da capital inglesa, somente conheci o Museu […]
Sua viagem, seu investimento

Viajar conectado: roaming ou chip?

Itália, França, Inglaterra e Mônaco. Imagine a seguinte situação. 1) Você está curtindo merecidas férias, viajando para a Europa pela primeira vez. Na euforia, topou habilitar seu celular para falar com amigos, família e, claro, postar tudinho. Afinal, quem consegue ficar muito tempo desconectado hoje em dia? 2) Assim como eu, você viaja muito a […]
Sua viagem, seu investimento

Avião nunca mais… vou de trem!!!

Eurostar, Canal da Mancha.Enquanto escrevo este artigo, o trem que liga a Londres, na Inglaterra, à Paris, na França, cruza o Canal da Mancha a mais de trezentos quilômetros por hora, a  mais de cem metros de profundidade. Penso comigo mesmo: nunca foi tão fácil, rápido e confortável percorrer cerca de quinhentos quilômetros e ir […]
Sua viagem, seu investimento

A fantástica Constantinopla, digo, Istambul!

Atenas, Grécia e Istambul, Turquia – Tio, quero ir para Jerusalém, em Israel e para Istambul, na Turquia…- Que Istambul? Que Istambul? Aquilo é Constantinopla, aquilo é nosso, é grego. Após “digerir” a explosão de autêntica agressividade helênica, olho para meu tio. Um tio, óbvio, grego! Grego até o tutano. Espero baixar o fogo em seus […]
Sua viagem, seu investimento

Hermitage, o gigante desconhecido

St. Petersburgo, Rússia. Quando cheguei à cidade de São Petersburgo, na Rússia, não acreditei. Ruas enormes, milhares de carros, corre, corre. Por todos os cantos, obras de arte. Ao menos, para mim eram obras de arte. Encravada no Golfo da Finlândia, entre Tallinn, na Estônia, e Helsinki, na Finlândia, São Petersburgo não podia ser mais […]
Sua viagem, seu investimento

Agrigento, a mais grega das cidades italianas!

Sicília, Itália. Desembarco no aeroporto Falconi Borselino, em Palermo, na Sicília. O tempo, claro. O voo de Paris, com escala em Roma, foi excelente. É no outono.A ideia é conhecer “a terra onde a CosaNostra, a máfia, nasceu”. Mas a Sicília guarda outro título bem melhor e mais antigo. Trata-se da Magna Grécia! É esta […]
Sua viagem, seu investimento

Ninho do tigre: o mais alto monastério do Butão!

Paro, Butão – “Preserve nosso rico legado natural: não polua as redondezas. Lembre-se: a natureza é a fonte de toda a felicidade”. A placa está bem no início da subida para o monastério Taktshang, o mais alto do reino do Butão. Uma névoa fina dificulta enxergar com precisão esta obra humana que desafia a natureza. […]
Sua viagem, seu investimento

Butão: onde ser feliz é sinônimo de simplicidade

Thimphu – Butão. Quando ouvi pela primeira vez falar no Reino do Butão, fiquei fascinado. Disse para mim mesmo: não posso partir deste mundo sem conhecer este outro mundo. E agora, olho para fora e vejo o Himalaia com seus picos eternamente brancos. O avião da Drukair, uma das duas únicas companhias aéreas do país, começa […]