Análise de Notícias Políticas

PRC deixa BNDES; Jungmann troca comando na PF; Alckmin reage

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

Paulo Rabello de Castro vai deixar o BNDES para disputar a presidência pelo PSC (http://xp-politica.info/443e). Como é praticamente inexistente sua chance de êxito na disputa pelo Planalto, havia sempre a chance de que desistisse da corrida, o que aparentemente não vai acontecer. Não chega a ser novidade, mas quando o cenário tem muita espuma os fatos devem receber destaque.

Outro fato do dia foi a substituição de Segovia por Galloro no comando da PF bancada pelo ministro da Segurança Raul Jungmann. Além de livrar o Planalto de polêmicas e de acusações de intervenção na instituição, a troca reforça a tentativa de ligação de Michel Temer ao tema segurança pública (http://xp-politica.info/835c) e (http://xp-politica.info/9acb).

Com as prévias nacionais no PSDB superadas, Geraldo Alckmin se ocupa de organizar os palanques regionais (http://xp-politica.info/4917) e tenta reagir ao movimento do governo federal na segurança pública (http://xp-politica.info/fbe1), ainda que de maneira tímida e tardia.

Victor Scalet

É analista político e estrategista macro da XP Investimentos, responsável pela pesquisa XP/Ipespe. É mestre em economia e, antes de se juntar à XP, trabalhou por sete anos na área econômica de instituições financeiras.

Leia também