Mais de R$ 100 bilhões em crédito para veículos

Um dos responsáveis pelo crescimento nas vendas de veículos, são os bancos. Mais precisamente os "bancos de montadora". Neste ano, "nunca antes na história desse país" se liberou tanto dinheiro para a compra do carro!

arrow_forwardMais sobre
Montagem de agências de bancos (Crédito: Reprodução)

Caros leitores, digníssimas leitoras; o setor automotivo está chegando na reta final com uma incrível recuperação em todos os segmentos.

As vendas de carros novos até ontem (29/11) chegaram à marca de 2,227 milhões de unidades vendidas; crescimento de 14% sobre o mesmo período do ano passado, onde esse resultado já é superior ao resultado do ano de 2017 (2,172 milhões de carros).

O mercado de pesados (caminhões) já conta com crescimento superior a 50%; motos com crescimento de 12%. Ou seja, depois de um longo e tenebroso inverno, o setor (todos os segmentos) volta a ser recuperar!

PUBLICIDADE

E aí, a pergunta de R$ 1 milhão de Reais, é: O que impulsionou este crescimento?

E, a resposta, tiramos do site do Banco Central, que divulgou esta semana o resultado do total de concessões de financiamentos de veículos. E a grata surpresa foi verificar o total de veículos financiados. Neste ano, as instituições de crédito liberaram mais de R$ 101 bilhões em concessões.

Este é o melhor resultado da série histórica do BC. Nunca se financiou tanto veículo como neste ano. Quer aproveitar para investir seu dinheiro em um carro novo? Abra sua conta na XP – é de graça. 

O sinalizador mais importante que devemos tirar deste ano, é que os bancos decidiram descer para o “play”! E eles desceram com vontade! Percebemos que ao longo dos últimos meses, além da liberação de crédito ter sido constante (e crescente), foram barateando (??????) as taxas de juros que cobram dos seus clientes.

Gente… como diria o Arnaldo: “… a regra é clara!…” Qualquer que seja o setor da economia que queira deslanchar, precisa de um bom suporte financeiro!

PUBLICIDADE

E, é aqui, que a porca torce o rabo!

Esse crescimento nas vendas de veículos (alicerçado no aumento dos financiamentos de veículos), deu-se em sua grande maioria através dos “Bancos de Montadoras”, que ofertam crédito mais barato ao consumidor.

Os bancos de montadoras – neste ano – foram os responsáveis por financiar 41% de todos os carros novos (e o número continua crescendo).

O ponto aqui é: um braço financeiro forte, ajuda a explicar – em partes – o sucesso de algumas marcas. Por exemplo, as marcas que estão mais se destacando neste ano são a VW (crescimento de 36%) e a Renault-Nissan (crescimento médio de 26,5%) e também são as que ofertam (através dos seus bancos) as menores taxas! Em outubro, tivemos taxas média de 1,07% e 1,05% respectivamente ofertadas pelo banco VW e pelo RCI.

Até marcas que habitam o “mundo de caras” entraram nessa! O Banco Mercedes-Benz, neste ano, ofertou taxas que foram de 0,81% até 1,08%.

Para efeito comparativo, a taxa média do ano do “Bradescão” ficou em 1,504% e do BB, em 1,656%.

E sabes o que é o “mais melhor de bom”?

Atualmente, não são financiados nem 35% de todos os carros vendidos! No “ano santo” de 2010, quase metade de todos os carros vendidos eram financiados, e hoje, apenas 33,6%.

O cenário é mais que positivo para o próximo ciclo de crescimento!

Logicamente, que hecatombes nucleares (ainda mais no Brasil) são “super normais” de acontecer!

E ai, o que achou? Dúvidas me manda um e-mail aqui!

Ou me segue lá no Facebook, aqui!

=)

Raphael Galante

É economista, trabalha no setor automotivo há 14 anos e atua como consultor na Oikonomia Consultoria Automotiva.

Leia também