Pós-graduação em Educação Financeira é oportunidade profissional

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

Que educação financeira é indispensável para a formação de uma sociedade mais consciente e sustentável, não há como negar. As escolas foram as primeiras a entenderem essa importância e inserirem o tema como disciplina em sua grade curricular. Agora, o ambiente universitário também toma a iniciativa e lança pós-graduação em Educação Financeira.

 
O curso possibilita uma nova oportunidade profissional de formação e flexibilidade no que se refere aos ganhos financeiros, além de trazer aos participantes uma grande contribuição no conhecimento interpessoal e domínio em outros temas relativos ao mundo das finanças.
 
A primeira pós-graduação da área – resultado da parceria da DSOP Educação Financeira com o Grupo Educacional Unis e que também oferece a opção EaD – supre a carência do mercado de mão de obra qualificada, além de disseminar educação financeira. A iniciativa é bastante pertinente, já que os hábitos e costumes da população em relação ao uso do dinheiro se mostram errôneos, o que causa diversos problemas, aumentando a porcentagem de pessoas endividadas e até inadimplentes. 
  
Além da novidade ser boa no aspecto de formação pessoal, também é ótima para o futuro de toda uma geração, que terá mais base e conhecimento, o que acaba influenciando as pessoas ao redor e assim por diante, que é o princípio básica da educação: disseminação.
 
Para saber mais informações sobre a pós-graduação, acesse o link http://www.dsop.com.br/pessoal/cursos/pos-graduacao/pos-graduacao-em-educacao-financeira-e-coaching-financeiro

Reinaldo Domingos

Reinaldo Domingos é presidente da Abefin (Associação Brasileira de Educadores Financeiros), autor de vários livros e criador da Metodologia DSOP de Educação Financeira.