A importância da proteção nas carteiras de investimentos

Tenham hedge em suas carteiras! A assimetria de riscos mundial sugere tal abordagem defensiva

arrow_forwardMais sobre
(Shutterstock)

Comento muito sobre a importância de ter seguros (“hedges”) na carteira de investimentos dado os potenciais riscos que enxergo no exterior.

Fiz uma simulação iniciando em JAN/2017 em 2 carteiras bastante semelhantes, uma com hedge feito em opções de compra de dólar e outra sem.

Escolhi opções de dólar pelas características de proteção em eventuais crises. Acredito que segue sendo a principal forma de proteger a carteira para eventos extremos por motivos já comentados em textos anteriores.

PUBLICIDADE

As carteiras se baseiam em 3 conhecidos fundos do mercado: um de Renda Fixa, um de Multimercado e um de Ações. Na carteira com hedge deixei 10% em conta corrente que faz parte do fluxo a ser utilizado nas compras das opções, trimestralmente. Importante notar que são opções “fora do dinheiro” que devem ser compradas dada a atrativa assimetria de risco/ retorno.

Há diversos detalhes adicionais que não cabem me prolongar. Aos que tiverem interesse em saber mais detalhes, peço que entrem em contato.

Olhando o gráfico abaixo fica evidente que os momentos de destaque da carteira com hedge foram durante stress do mercado, como o meio do ano de 2018 quando estávamos em período eleitoral e suas incertezas.

image002_(2)

Por fim, tenham hedge em suas carteiras! A assimetria de riscos mundial sugere tal abordagem defensiva.

E como diria o lendário investidor Warren Buffett:

PUBLICIDADE

“Regra nº 1 para os investimentos: Nunca perder dinheiro.

Regra nº 2 para os investimentos: Nunca se esquecer da regra nº 1.”

eduardo@cigainvest.com.br

Quer investir com corretagem ZERO na Bolsa? Clique aqui e abra agora sua conta na Clear!

 

Eduardo Cavendish

Administrador formado pelo Insper, apaixonado por geopolítica e sócio na CIGA Invest. Sempre desafiando o senso comum