Você sabe o que é preciso para ser um líder eficiente para seus subordinados?

Segundo pesquisa, o líder eficiente trata bem as pessoas, sabe gerenciar o trabalho em equipe e dar <i>feedback</i>

SÃO PAULO – Trabalhadores de seis países – Brasil, China, Alemanha, Índia, Estados Unidos e Grã-Bretanha – revelaram o que é preciso para ser um bom chefe. Uma pesquisa conduzida pela empresa norte-americana Kenexa Research Institute, com 16 mil profissionais ainda este ano, revelou que 63% das pessoas estão satisfeitas com seus chefes, descritos por elas como eficientes.

Essa classificação tem como base itens considerados como fundamentais aos entrevistados: a capacidade de tratar bem as pessoas, saber gerenciar o trabalho em equipe e os próprios integrantes e dar feedback aos funcionários.

“Com a pesquisa, duas verdades fundamentais vieram à tona. O líder eficiente é respeitável e justo, bem como um bom ‘organizador’, que sabe comunicar suas expectativas de maneira clara e dar feedback”, declarou o diretor executivo da Kenexa, Jack Wiley.

Países

PUBLICIDADE

A pesquisa evidenciou diferenças entre as culturas. Por exemplo, enquanto profissionais brasileiros dizem que a conduta ética é determinante para a efetividade de uma liderança, os indianos dão prioridade às habilidades profissionais do líder, que acarretam em melhores resultados para a empresa.

Para todos os entrevistados, bons líderes impactam de maneira significante na satisfação com o emprego e a empresa e, inclusive, indicariam a companhia a outros profissionais. Além disso, aqueles que estavam satisfeitos com seus supervisores tinham uma intenção mais forte de ficar na empresa, bem como confiança em seu futuro.