Vida profissional: experiência conta ponto e idade não deve ser omitida

Omitir fará com que passe por situações constrangedoras, enquanto mentir fechará portas na sua carreia. Pense nisso!

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Pessoas mais velhas que procuram uma colocação no mercado de trabalho pensam que omitir a idade nos currículos fará com que consigam um número maior de entrevistas. A prática, no entanto, trará apenas problemas.

Além de não ser nem um pouco ético esconder a idade, o candidato ainda pode passar por situações constrangedoras. Imagine ter de se retirar da sala de entrevistas porque a vaga não era para seu perfil.

Para evitar este tipo de situação, nada de omitir. Mentir, então, nem pensar. Diplomas, CPFs e seu RG, mais cedo ou mais tarde, revelarão a verdade e farão com que sua imagem fique suja naquela empresa. Isso significa fechar portas!

Experiência conta pontos!

Aprenda a investir na bolsa

A idade e a quantidade de lugares onde já trabalhou podem ser o ponto principal para que conquiste uma vaga. Afinal, terá mais conhecimento e experiência para contribuir para a empresa. Deixe isto evidente durante a entrevista de emprego.

Os recrutadores, com certeza, no primeiro contato pessoal, logo perceberão sua idade, seja pelo modo de falar, pela aparência ou experiência pelo assunto. Diga a verdade e que tem bastante a acrescentar para a vaga em evidência.

Depois de contratado, nada de mentir!

Com os colegas, a situação é semelhante e um pequeno detalhe pode prejudicar sua relação de confiança. Eles podem pensar que, se para uma coisa tão pequena, a pessoa mente, imagine o que não deve fazer para conquistar, por exemplo, um cargo de confiança.

Além disso, veja a idade mais avançada como uma vantagem. Pessoas com mais experiência são vistas com mais respeito porque têm bastante a contribuir. Pense nisso!