comportamento

Veja 3 dicas para deixar de ser a vítima do trabalho

Muitas das vítimas no trabalho não percebem que agem como tal

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Pessoas que sentem como se fossem as vítimas do trabalho são aquelas que culpam os outros – o seu chefe não deu um aumento, o colega de trabalho sabotou o relatório e etc. O que elas não percebem é que todas essas situações estão diretamente relacionadas ao seu próprio desenvolvimento profissional.

Confira 3 dicas para deixar de ser a vítima do trabalho:

1. Perceba o seu comportamento. Muitas das vítimas no trabalho não percebem que agem como tal. Se você tem a tendência de culpar outras pessoas pelo que acontece com o seu trabalho, comece a notar os comentários que você faz e para quem você os faz. Diagnosticar o seu comportamento é o primeiro passo para abandonar essa mentalidade.

PUBLICIDADE

2. Pense positivamente. Pense nos desafios que você enfrenta durante o dia como algo positivo. É importante encarar obstáculos como algo que vai ajudar você a se desenvolver profissionalmente. Assim, você vai deixar de se enxergar como vítima e começar a portar-se como um profissional disposto a aprender.

3. Seja pró-ativo. Você acredita que os seus superiores passam trabalhos apenas para que você se sinta sobrecarregado? Seja pró-ativo. Se voluntariar para realizar uma determinada tarefa vai fazer com que seus chefes vejam que você é um bom profissional e não sintam a necessidade de dizer o que deve ser feito. Isso vai ajudar você a controlar o seu trabalho de forma que não se sinta sobrecarregado.

Veja mais matérias de Carreira no Universia.