Treinamento mais atraente: games são utilizados em <i>e-learning</i>

No lugar de conceitos e exemplos, histórias e exercícios mais descontraídos treinam fala e comunicação escrita

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Ao invés de conceitos e exemplos, histórias e brincadeiras. O e-learning, treinamento que une ensino à distância e tecnologia, agora conta um novo método para que se torne mais efetivo: os games.

Os profissionais de venda, os quais trabalham diretamente com clientes, são os primeiros a usarem este tipo de treinamento, que são mais dinâmicos e atrativos. Para o profissional, as vantagens são o aprendizado em forma de brincadeira.

Mais dinamismo

Para Izabela Tostes Giannini, responsável pela aplicação do método na área de vendas da Telemig Celular, os games são bem mais eficientes devido ao dinamismo e atratividade que exercem sobre os funcionários.

Aprenda a investir na bolsa

Alguns deles, além de ensinarem o modo de falar e de ouvir, ainda ajudam no aperfeiçoamento da comunicação escrita. “O formato game é uma inovação entre as ferramentas de ensino a distância para tornar o aprendizado mais prazeroso”, disse a diretora da Univoz, empresa que faz estes games, Ana Elisa Moreira Ferreira.

Tradicionais

Devido ao formato mais tradicional e conceitual, muitas pessoas não conseguem terminar os cursos convencionais de e-learning. Quase 60% delas desistem antes do final, estatística bastante preocupante.

De acordo com a presidente da empresa de games AM3, Ana Maria Moreira Monteiro, eles têm conteúdo didático ambientado em uma história envolvente que desperta o interesse de a pessoa saber o final.

“Mas só chegará ao final dos games o jogador que passar por todas as fases e realizar todos os exercícios propostos”, explicou.