“Só para mulheres”: evento em SP vai tratar de assuntos como finanças e carreira

Pensando nas jovens consumidoras, sobretudo, da 'nova classe média', evento explora desejos de consumo

SÃO PAULO – As mulheres serão o foco de um evento realizado em São Paulo do dia 5 a 7 de outubro, no centro de Convenção Frei Caneca. O ‘Só para Mulheres’ trata de assuntos como carreira, o dia-a-dia familiar, o relacionamento com as marcas, e, ainda, temas sobre finanças.

Criado pela jornalista Ciça Carvello, a primeira edição ocorreu em 2004 e, atualmente, está sendo coordenado pela GEO Eventos. Em 2012, o evento ocorre primeiro na capital Goiânia, de 14 a 16 de outubro – no Centro de Convenções Goiânia.

Jovens consumidoras
De olho nas jovens consumidoras, sobretudo, da chamada ‘nova classe média’, as edições de 2012 – em São Paulo e Goiânia – deverão explorar os desejos de consumo, de alimentação, bem-estar e turismo. Ainda, vão tratar de temas como educação e finanças.

PUBLICIDADE

“A área de negócios da GEO ganhou mais um importante evento para 2012. Além do circuito Expo Money em todo o país, que este ano completa 10 anos, ampliamos a atuação na área de eventos e feiras com produto totalmente focado nas mulheres”, destacou o diretor-executivo de Negócios da GEO Eventos, Robert Dannenberg.

As poderosas da classe média
Para confirmar a importância do evento, os organizadores destacaram dados divulgados recentemente pelo “Data Popular: As Poderosas da Nova Classe Média Brasileira”. O estudo sinaliza que as jovens serão as novas consumidoras no mercado em 10 anos.

Elas já representam 85% das consumidoras nos estados das regiões Sul e Sudeste. “O evento reflete as necessidades e anseios da mulher moderna, que é jovem, preza pelo lazer, bem-estar e também pela saúde de suas finanças. Neste ano atingimos mais uma conquista: conseguiremos realizá-lo na capital paulista novamente com a GEO Eventos” afirma a criadora do evento, Ciça Carvello.

Só para mulheres em Goiânia
A primeira edição do ‘Só para Mulheres’ aconteceu em Goiânia em 2004 e atraiu 5 mil pessoas. Nas edições seguintes o evento cresceu e chegou a atingir um público de 20 mil nos três dias de evento no centro-oeste. Posteriormente, em 2007 e 2008, o evento teve edições na capital paulista.

Durante uma pesquisa realizada em Goiânia na edição de 2011 o público que procura o evento traz na maioria, solteiras e sem filhos, com idade de até 34 anos e curso superior completo (ou em curso). A enquete ainda revelou que as mulheres presentes buscam por informação (48,9%), seguido do interesse por palestras de assuntos diversos (35,8%), sexualidade (13,2%), novos produtos (11,5%) e tratamentos estéticos (9,2%).