Extinção

Saiba quais são as profissões que não vão existir em 2020

Outras profissões mais recentes, como atendente de telemarketing, também correm o risco de serem substituídos por novas tecnologias nos próximos anos

SÃO PAULO – Com o avanço das tecnologias e novas práticas comerciais, algumas profissões poderão ser eliminadas do mercado de trabalho. Datilógrafo, alfaiate e ascensorista, por exemplo, são algumas das vagas que você dificilmente irá encontrar disponível. Outras profissões mais recentes, como atendente de telemarketing, também correm o risco de serem substituídos por novas tecnologias nos próximos anos.

Confira a seguir as duas profissões que não vão existir em 2020:

1. Vendedor ambulante
A ocupação dos vendedores que batem de porta em porta para divulgar seus produtos corre o grande risco de desaparecer até 2020. Esse tipo de prática não é mais eficiente e tem sido cada vez mais substituída por propagandas televisivas e online.

PUBLICIDADE

2. Trabalhos de montagem
Esse tipo de emprego não exige muito treinamento ou educação formal, já que a maioria das vagas pode ser preenchida por pessoas que tenham estudado até o ensino médio ou menos. As vagas têm se tornado cada vez mais escassas e a procura por profissionais com maior capacitação técnica cresce enormemente.

Veja mais matérias de Carreira no Universia.