França

Renault garante fábricas abertas em troca de novo acordo trabalhista

A companhia disse em setembro que estava em busca de um novo acordo trabalhista nacional com sindicatos franceses para cortar custos

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A montadora francesa Renault ofereceu a sindicatos um compromisso para evitar o fechamento de fábricas domésticas em troca de um novo acordo sobre salários e condições, disse uma porta-voz da empresa nesta terça-feira.

“No âmbito de um acordo global sobre todas as medidas propostas, a administração estaria disposta a assumir compromissos de não fechar nenhuma fábrica francesa”, disse a porta-voz após uma reunião com sindicatos.

O compromisso para evitar fechamentos foi oferecido “apesar de um mercado europeu que não deve ver qualquer crescimento real durante o plano de crescimento estratégico atual que vai durar até 2016”, disse a representante.

PUBLICIDADE

A companhia disse em setembro que estava em busca de um novo acordo trabalhista nacional com sindicatos franceses para cortar custos e alinhar a produção doméstica com as fábricas da Renault e da Nissan no Reino Unido e na Espanha.