Programas de bem-estar nas empresas aumentam produtividade em 5%

Não por acaso, organizações já estão investindo na qualidade de vida de seus funcionários, com ajuda de especialistas

SÃO PAULO – A prática de atividades físicas ajuda a controlar a pressão arterial, regula os níveis de colesterol, contribui para a perda de peso e previne diversas doenças, como a osteoporose.

A novidade é que as empresas estão descobrindo como a saúde influencia o ambiente de trabalho. Integração de funcionários, aumento de produtividade e redução das faltas são alguns dos resultados obtidos por empresas que incentivam a prática de atividades físicas entre seus colaboradores.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, os programas de bem-estar oferecidos pelas empresas podem aumentar a produtividade dos funcionários em 5% e reduzir em 15% as faltas ao trabalho.

O benefício da caminhada

PUBLICIDADE

O corretor Vicente Nardelli sempre arranjava um motivo para adiar a promessa de começar a praticar caminhadas. Foi quando soube que a Lar Imóveis, empresa para a qual faz parceria de vendas, estava disponibilizando um programa de treinamento assistido de corridas e caminhadas.

“Era o incentivo que eu precisava. Não pensei duas vezes e me inscrevi. Atualmente, praticamos corrida e caminhada em parques e praças da cidade durante uma hora e meia, três vezes por semana”, conta Nardelli.

“Aprendi a cuidar da saúde física e mental. Além da melhora do meu condicionamento físico, me sinto mais motivado e disposto para enfrentar a jornada diária de trabalho. Apertar um botão a mais do cinto também é muito bom, melhora a auto-estima”, acrescenta.

Em setembro do ano passado, a Lar Imóveis havia fechado parceria com a Guana Center Assessoria Esportiva – especializada na assessoria planejada de corrida e caminhada -, para que treinasse seus funcionários.

“O objetivo é melhorar a qualidade de vida, o rendimento e a motivação da equipe no trabalho através do esporte”, afirma o diretor da Lar Imóveis, Luiz Antônio Rodrigues.

Cada um no seu ritmo

O educador físico da Guana Center, Paulo Santos, ressalta a importância do acompanhamento profissional. “Qualquer exercício físico deve ser realizado com a orientação de um especialista e após uma avaliação médica. Cada um tem seu próprio ritmo e necessita de programas específicos”, explica Santos, ao lembrar que, para cada aluno, é montado um programa personalizado, segundo suas necessidades.