Aperfeiçoamento

Profissional deve ir além da graduação, diz professor

Professor da Universidade Gama Filho fala sobre o melhor momento para procurar um curso de pós ou MBA

SÃO PAULO – Logo após terminar o curso de graduação o profissional procura estabilidade em sua área de atuação para reunir experiência profissional para o mercado de trabalho. No entanto, a graduação não é suficiente para dar continuidade ao vínculo empregatício.

Para o professor dos cursos de MBA da Universidade Gama Filho, Luiz Eduardo Gasparetto, no atual mundo dos negócios é preciso ir além da graduação. Segundo ele, um bom networking; saber comportar-se numa entrevista de emprego; elaborar um currículo sem cometer gafes, além de falar outro idioma fluentemente, são indispensáveis para o sucesso profissional.

Segundo Gasparetto, em geral, empresas e instituições buscam profissionais cada vez mais preparados e atualizados para lidar com as transformações no mercado mundial. O professor esclarece que os cursos de graduação, por várias razões e dificuldades encontradas no diálogo universidade-empresa, ainda se posicionam um pouco distantes da realidade das empresas no que diz respeito à aplicação de parte do conhecimento adquirido na prática do dia a dia.

PUBLICIDADE

“Ao sair de um curso de graduação, o bacharel ainda não está totalmente preparado para se ajustar rapidamente às exigências do trabalho e a realidade das empresas. Essa lacuna pode ser preenchida participando de cursos de pós-graduação (lato sensu) e MBA, que são voltados para a área de negócios e gestão oferecidos por instituições de ensino que, pelo tipo de curso, devem manter grades mais atualizadas em relação às necessidades do mercado”, conclui Gasparetto.

Conhecimento
Nesse cenário, o professor acredita que a pós-graduação pode ser compreendida como um elemento que vai agregar um aumento na produtividade, novos conhecimentos e competências para o profissional.

Por sua vez, Gasparetto acredita que o mestrado ou doutorado pode ser um importante alicerce para áreas voltadas para a pesquisa, como exemplo, profissionais que cursaram uma licenciatura, uma especialização ou um MBA pode atender as necessidades de uma formação mais técnica, como os tecnólogos ou bacharéis.

Vale ressaltar que cada um desses cursos tem um objetivo diferente. Enquanto a pós-graduação tem como meta aprofundar o conhecimento do participante em determinado assunto, focando numa área específica com aperfeiçoamento, o MBA tem como foco dar uma visão mais ampla do trabalho de gestão e do mundo dos negócios.

Cuidando da imagem
O conhecimento, a dinamização e a busca por uma qualificação e aprimoramento profissional são fatores que contribuem para a sua imagem profissional. “O equilíbrio entre os anseios pessoais e profissionais devem ser respeitados, para que a pós não seja encarada como uma obrigação e sim como um importante complemento para a formação e ascensão profissional”, orienta o professor.