Profissionais gastam 23 minutos por dia em sites não relacionados ao trabalho

Pesquisa mostra que reside um abismo entre a realidade da navegação dos funcionários e a percepção de gerentes de TI

SÃO PAULO – Durante o expediente, os profissionais brasileiros gastam um total de 23 minutos por dia navegando em sites não relacionados ao trabalho, segundo o estudo da Websense – Web@Work América Latina. O resultado obtido é melhor do que o registrado no ano passado, quando os entrevistados admitiram que perdiam 51 minutos por dia na internet, lendo sobre assuntos que nada tinham a ver com o trabalho.

No entanto, os gestores de Tecnologia da Informação pensam que o tempo de navegação dos funcionários em sites não relacionados ao trabalho é muito maior: pouco mais de 1 hora por dia.

“Ainda que confirme as tendências de queda dos últimos anos, essa estatística mostra que reside um abismo entre a realidade da navegação e a percepção dos gerentes. Isso mostra que somente a aplicação de tecnologia pode permitir um gerenciamento adequado, sob o risco de se bloquear demais ou de menos”, opina o gerente de Engenharia de Vendas para América Latina da Websense, Fernando Fontão.

PUBLICIDADE

A pesquisa contou com 700 entrevistas em empresas com, no mínimo, 250 funcionários, da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México, Peru e América Central (cem entrevistas em cada País, sendo 50 com funcionários e outras 50 com gerentes de TI).

Sites que distraem

Observe na tabela a seguir os sites que mais distraem profissionais de cada região:

Tipo de siteRegião c/ mais acessosRegião c/ menos acessos
Bancos e sites financeirosArgentina (90%)Brasil (66%)
BlogsAmérica Central, Colômbia e Peru (20%)América Central (8%)
Mensagens instantâneas entre colegasBrasil (36%)Argentina (14%)
Mensagens com amigosAmérica Central (22%)Chile (8%)
Telefonia via webAmérica Central (34%)Argentina (4%)
Sites de empregoColômbia (54%)Brasil (24%)
Sites de mapasAmérica Central (52%)Peru (34%)
Comunidades onlineMéxico (20%)Chile e Colômbia (4%)
Sites de imóveisColômbia (28%)Brasil (6%)
Sites de compras ou leilãoArgentina (42%)Colômbia (16%)
ViagemMéxico (56%)Brasil (24%)
E-mail pessoalMéxico (82%)Brasil (44%)
Sites de vídeosMéxico (30%)Brasil e Colômbia (8%)
Previsão de tempoBrasil (56%)Colômbia (22%)

Na percepção dos gerentes de TI do Brasil, 100% de seus funcionários acessam sites financeiros e de Internet Banking durante o expediente, seguido por sites de notícias (96%) e governamentais (92%). O acesso aos sites que prestam serviços de mapas surge como novidade nesta edição da pesquisa e já ocupa a quarta colocação, na visão dos gerentes de Tecnologia da Informação, com 80%.