Por que profissional gerencia o trabalho, mas não consegue fazer o mesmo em casa?

Entenda que relações de trabalho não envolvem tantas emoções e que você pode estar direcionando pouco tempo para a família

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Imagine que conseguiu terminar cinco projetos em seis meses com sucesso. Recebeu os cumprimentos de seus superiores, bateu as metas propostas e se sentiu um ótimo administrador por conta disso.

Quando chegou em casa, no entanto, sequer soube resolver se deixaria sua filha viajar para a praia.

Acostumado à pressão do trabalho, você “titubeou” diante de um assunto tão simples em casa. Para que não se desespere, saiba que é normal que isso aconteça. Por maior que seja o seu poder de decisão e discernimento, gerenciar a rotina familiar se torna cada vez mais difícil. Isso porque o emocional comanda muitas decisões.

Relações íntimas

PUBLICIDADE

No trabalho você precisa ser prático, firme em suas respostas, superando a pressão constante e propondo resultados rápidos. Portanto, por mais que a situação lhe cause um tremendo estresse, você é obrigado a conter suas emoções e seguir em frente.

Isso sem falar que, no ambiente de trabalho, aquela pessoa com a qual convive não depende nem tem um laço emocional com você. Por isso, ao tomar uma decisão, acaba por não afetar tanto o relacionamento, ao contrário do que acontece em casa.

Decidir sobre sua filha viajar para a praia, ou não, implica em interferir em suas relações familiares, o que pode acarretar um estresse geral, principalmente quando você já está sob pressão demais no trabalho e precisa extravasar as emoções.

Justamente por isso, é importante contar com o apoio da família, conversando sobre os seus problemas, a competição no trabalho, a briga freqüente por mostrar resultados. Dessa forma, tudo ficará mais fácil.

Falta de tempo

O fato de não conseguir gerenciar sua casa também está relacionado a outro fator não menos importante: o tempo, ou melhor, a falta dele! Por conta da correria no trabalho, as pessoas costumam dedicar grande parte do seu dia para conseguir realizar suas tarefas profissionais.

Em contrapartida, diminuem o tempo que passam em casa. Mesmo estando fisicamente em família no fim de semana, muitas vezes já estão com a mente em busca da solução para o problema que deverá ser encarado na segunda-feira!

Dessa forma, o foco extremo no trabalho pode impossibilitar os profissionais a darem a devida atenção aos problemas domésticos.

Mas a situação pode ser contornada. Caso sinta que os problemas em casa não estão sendo gerenciados de maneira correta, procure estabelecer na vida pessoal uma infra-estrutura que lhe garanta maior segurança.

Isso significa organizar melhor o seu tempo fora do trabalho. Assim como é obrigado a fazer no escritório, para dar conta de tudo, delegue algumas atividades do dia-a-dia sem culpa, dedicando maior qualidade do tempo àqueles que precisam da sua atenção em família. Boa sorte!