Para 64,2% da população, investimentos públicos resultam em mais empregos

Constatação faz parte da "Pesquisa de Percepção da Política Fiscal Brasileira", que avaliou a opinião de 2.016 pessoas

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Dados de levantamento encomendado pela Esaf (Escola Superior de Administração Fazendária), do Ministério da Fazenda, revelaram que 64,2% da população brasileira entende que os investimentos do governo resultam em um melhor funcionamento da economia e maior geração de empregos.

A constatação faz parte da “Pesquisa de Percepção da Política Fiscal Brasileira”, que avaliou a opinião de 2.016 pessoas, distribuídas em 336 municípios do País. Ela mostrou que 30,5% dos entrevistados acreditam que os gastos e investimentos públicos não contribuem para a geração de empregos ou melhora na economia.

Segundo esse grupo, os investimentos são, em sua maioria, destinados a assuntos como assistência social.

Aprenda a investir na bolsa

Regiões
Os moradores do Centro-Oeste foram os que mais concordaram quanto à contribuição dos gastos e investimentos públicos do governo para geração de empregos: 70,6%.

A região Sul aparece em segundo lugar, com 65,7% das opiniões positivas. A região é seguida pelo Nordeste, com 65%, e pelo Norte, com 62,7% das análises a favor do governo.

O Sudeste apresentou o menor número de pessoas que acreditam na melhora do cenário econômico através dos investimentos públicos. Foram 62,5% das respostas positivas.

Pobreza
A pesquisa ainda avaliou a opinião dos brasileiros quanto ao reflexo dos gastos e investimentos para combater a pobreza no País. Os resultados, por sua vez, foram apertados.

Para 49,3% da população, o dinheiro contribui para a redução da pobreza, enquanto para 46,8% os valores investidos não alteram o cenário brasileiro.