Oportunidades

Os melhores países para iniciar a carreira, segundo ranking

Cerca de 6 mil jovens da Geração Y foram questionados sobre quais são os melhores países para se trabalhar com base em sete atribuições

SÃO PAULO – Nos últimos cinco anos, segundo dados do Banco Mundial, a força de trabalho mundial teve um aumento de mais de 200 milhões de pessoas, das quais a maioria são jovens da Geração Y.

Ainda assim, esses jovens podem ter dificuldades em encontrar um primeiro emprego após se formarem na universidade – é o caso do Brasil, em que o cenário econômico não é favorável. Em outros países, as oportunidades de trabalho podem ser melhores: China, Alemanha e Estados Unidos são alguns deles, segundo o ranking do portal U. S. News.

Em parceria com a empresa de consultoria VAC e com a Universidade da Pensilvânia, o U.S. News elaborou o ranking com os melhores países para se iniciar a carreira. Foram questionados cerca de 6 mil jovens da Geração Y sobre quais são os melhores países em sete atribuições: bom mercado de trabalho, economicamente estável, empreendedor, igualdade de renda, inovação e se é um país onde eles podem viver e progredir.

PUBLICIDADE

Confira quais são:

Posição País População PIB per capita
1China 1,4 bilhões US$ 12.880
2Alemanha 80,9 milhões US$ 45.888
3Estados Unidos 318,9 milhões US$ 54.597
4Reino Unido64,5 milhõesUS$ 39.511
5Canadá35,5 milhões US$ 44.843
6Japão127,1 milhões US$ 37.390
7Coreia do Sul50,4 milhõesUS$ 35.277
8Suécia9,7 milhões US$ 45.986
9Rússia143,8 milhões US$ 24.805
10Arábia Saudita  30,9 milhõesUS$ 52.183
11Países Baixos 16,9 milhõesUS$ 47.355
12Dinamarca5,6 milhõesUS$ 44.343
13Singapura5,5 milhõesUS$ 82.762
14Austrália23,5 milhõesUS$ 46.433
15França66,2 milhõesUS$ 40.375
16Luxemburgo556, milUS$ 92.049
17Áustria8,5 milhõesUS$ 46.420
18Irlanda4,6 milhõesUS$ 49.195
19Índia1,3 bilhõesUS$ 5.855
20Israel8,2 milhõesUS$ 32.691