O que analisar antes de entrar em um processo de seleção?

Se está desempregado, pense na viabilidade de trabalhar na empresa; quem está empregado deve pensar no plano de carreira

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Alguns candidatos, sem compromisso, participam de processos de seleção das empresas. O resultado desta atitude, no entanto, pode ser bastante negativa. Imagina não ter certeza do que quer e ser escolhido para a vaga. O que faria?

Para não ter de passar por esta situação, em primeiro lugar, atente aos seguintes pontos: Você realmente escolheria aquela empresa para trabalhar? Conseguiria viver com o salário oferecido? Saberá fazer o que lhe será proposto?

Ainda é preciso pensar se a empresa é acessível. Como você irá de sua casa até ela? Será que vale a pena pegar todo o trânsito da cidade para chegar até o trabalho?

Aprenda a investir na bolsa

Todos estes pontos devem ser analisados com cuidado, já que dizer “não” depois de escolhido pode arranhar a imagem do profissional no mercado de trabalho.

Já está empregado?

Para quem já está colocado no mercado de trabalho, a escolha por participar de um processo de seleção é muito mais complicada do que parece. Para o diretor da Divisão de Executive Search da Korum, empresa de contratação profissional, é preciso levar em consideração o plano de carreira.

“Na verdade, antes de procurar vagas no mercado, o profissional tem que ter certeza de que não existe nenhuma chance de crescimento onde está atuando no curto prazo”, afirmou.

Depois disso, ele ainda deve analisar se o salário está estagnado há muito tempo. Qual a chance de ele ser elevado? Se forem pequenas, e suas necessidades financeiras têm aumentado, aí sim pense em outro emprego.

Outro ponto a ser observado é o que lhe causa insatisfação no trabalho. Depois de identificada, veja se a empresa na qual realizará o processo poderá revertê-la.