Novo modelo do Fies favorece os estudantes, afirma o presidente Lula

Para o presidente, o impacto será positivo diante da dificuldade enfrentada por quem procura um fiador

SÃO PAULO – O novo modelo de Fies (Fundo de Financiamento Estudantil), apresentado nesta quarta-feira (20), vai favorecer os estudantes, afirmou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Para ele, o impacto será positivo diante da dificuldade enfrentada por quem procura um fiador.

“A coisa mais difícil na vida de uma pessoa, em qualquer segmento da sociedade, é arrumar um fiador. Porque, na verdade, não é uma prova de amizade ser fiador, é você estar assumindo a responsabilidade por algo que você não tem responsabilidade. Se der tudo certo, maravilhoso. Se não der, você vai pagar”, afirmou Lula, segundo a Agência Brasil.

De acordo com o presidente, foi um desafio a discussão com o Ministério da Fazenda sobre quem assumiria o papel de fiador no novo modelo do Fies.

PUBLICIDADE

Fgeduc
O fiador será substituído pelo Fgeduc (Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo). O fundo será composto por recursos do Tesouro Nacional e por parte dos títulos transferidos pelo Fies a instituições participantes.

Poderão pedir o financiamento pelo Fies, sem necessidade de apresentar fiadores, estudantes matriculados em cursos de licenciatura, estudantes que tenham renda familiar de até um salário mínimo e meio per capita e bolsistas parciais do ProUni (Programa Universidade para Todos) que optem por inscrição no Fies no mesmo curso em que são beneficiários da bolsa.