mais um

Miguel Krigsner, do Grupo Boticário, entra na lista dos bilionários da Forbes

Seu patrimônio, baseado na participação de 80% do grupo, está avaliado em US$ 2,7 bilhões

SÃO PAULO – O dono do grupo Boticário, que controla as marcas O Boticário e Eudora, Miguel Krigsner fará parte da lista dos mais ricos do mundo, lançada em março deste ano. Segundo o site da revista, o patrimônio do empresário, baseado em sua participação de 80% do grupo, está avaliado em US$ 2,7 bilhões (ou cerca de R$ 6,37 bilhões, de acordo com a cotação do Banco Central no último dia 17 de janeiro).

De acordo com a publicação, a maior contribuinte para o aumento da fortuna de Krigsner foi a ascensão da indústria de Beleza no Brasil. Só em 2011, as vendas de cosméticos geraram US$ 43 bilhões, crescimento de 142% em cinco anos. O ritmo de expansão do Brasil pode ultrapassar a do Japão e se tornar o segundo maior mercado de beleza do mundo.

A indústria da Beleza no Brasil é tão próspera que tem atraído grandes players globais, como a Sephora, que abriu sua primeira loja no ano passado. “O potencial do Brasil é muito significativo. A demanda é alta e continua crescendo”, disse a sócia da consultoria AT Kearney, Hana Ben-Shabat, à Forbes.

PUBLICIDADE

O Boticário também está aproveitando o momento. A rede tem hoje cerca de 3.600 lojas em todo o Brasil e fechou 2013 com vendas de US$ 3,4 bilhões, 20% acima do ano anterior, de acordo com Arthur Grynbaum, que possui os 20% restantes da participação do Grupo O Boticário. Desde 2000, a empresa cresceu oito vezes em receita anual.