No ambiente de trabalho

‘Melhores empresas’ têm canais anônimos para combater discriminação

85% das empresas premiadas pelo Great Place to Work investem em canais anônimos para combater discriminações no ambiente de trabalho

SÃO PAULO – Um estudo feito pelo Great Place to Work, consultoria que premia as melhores empresas para trabalhar, revelou que 85% das empresas premiadas investem em canais anônimos para combater discriminações no ambiente de trabalho.

Segundo o estudo, entre as 130 empresas consideradas “as melhores para trabalhar”, 79% têm práticas para inibir a discriminação sexual; 82% para origem étnica; 81% religião/crença; e 81% têm ações de combate à discriminação de pessoas com deficiência.

A análise do combate à discriminação em todos esses aspectos nas empresas não reconhecidas pelo prêmio mostra percentuais menores. Cerca de 70% dessas empresas mencionaram ter tais práticas.

PUBLICIDADE

O combate à discriminação passa pela criação de canais próprios e anônimos para garantir o cumprimento dos códigos. Mais de 85% das 130 melhores empresas afirmam ter tais mecanismos, contra 73% das não premiadas de 2012.

Segundo o CEO do Great Place to Work Brasil, Ruy Shiozawa, a contratação baseada nos valores do candidato constitui uma prática importante para garantir um ambiente corporativo ético e alinhado aos valores defendidos pela companhia.

“A pesquisa aponta que 81% dos funcionários dos excelentes ambientes de trabalho acreditam que os gestores contratam profissionais que partilham os mesmos valores da empresa e 80% acreditam que os profissionais das empresas nas quais atuam se preocupam uns com os outros”, afirma o executivo.