Mais de 70% dos executivos mostram interesse em atuar no interior

Entre os motivos para a mudança, estariam o desafio proposta pela empresa e o pacote de remuneração oferecido

SÃO PAULO – Uma pesquisa realizada pela empresa especializada em recrutamento Hays revelou que 72% dos executivos mostram interesse em atuar no interior do estado de São Paulo. O levantamento foi realizado com 350 candidatos residentes na capital e cidades ao redor.

Entre os motivos para a mudança, o mais citado foi o desafio proposto, citado por 68,8% dos entrevistados. Em seguida, estavam itens como pacote anual de remuneração e benefícios oferecidos (67,5%) e qualidade de vida para o executivo e a família (61,7%).

Os dados mostraram ainda que mais da metade dos executivos (51,9%) mudaria dependendo da reputação da empresa contratante e 36,4%, de acordo com o desenvolvimento socioeconômico da região. Outros fatores citados para a mudança para o interior foram estar desempregado (19,5%), a área de atuação ser bastante forte na região (9,1%) e ter familiares ou ser da região (9,1%). 

PUBLICIDADE

Capital x interior
Dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) publicados na quinta-feira (16) mostraram que a geração de empregos no interior está em alta e, inclusive, as cidades de interior têm criado mais vagas do que a região metropolitana.

No acumulado de 2010 até agosto, o interior criou 839,2 mil vagas, o que denota um crescimento mais duas vezes maior (136%) em relação aos empregos criados no mesmo período do ano passado, que somaram 355 mil.

As regiões metropolitanas, por sua vez, criaram 729,9 mil vagas no mercado de trabalho de janeiro a agosto deste ano, mais que o triplo (272%) da criação de vagas no mesmo período do ano passado, de 196,2 mil.