Maioria dos jovens pretende mudar de emprego, se não for promovida em até 2 anos

Pelos dados da pesquisa, 78% das pessoas com até 30 anos de idade mudariam de emprego, caso não sejam promovidos

SÃO PAULO – No mercado de trabalho, conseguir um cargo mais alto é importante para os jovens brasileiros. Uma pesquisa realizada pela Page Personnel revelou que 78% das pessoas até 30 anos de idade pretendem mudar de emprego, se não forem promovidos em até dois anos.

Segundo os dados, deste total, 47% esperam subir de cargo entre um e dois anos, 29% até um ano e 2% até seis meses. Apenas 14% esperariam 3 anos e 8% até quatro anos.

Para o diretor-geral da Page Personnel, Gil van Delft, este comportamento é uma das principais características da geração que está entrando no mercado de trabalho.

PUBLICIDADE

“Paciência não é a maior característica dessa geração. Eles trazem resultado, são ambiciosos e conseguem executar diversas funções ao mesmo tempo. É natural que queiram um reconhecimento por todo o seu esforço”.

Plano de carreira
Para o especialista, apesar da pressa, é fundamental que o profissional tenha um plano de carreira bem definido, temporizado e que ele consiga mensurar as metas.

Ele explica que “é importante temporizar a permanência do profissional em um determinado cargo. Ele precisa saber o que é necessário fazer para subir na carreira, e precisa ver que o que está entregando o está aproximando de seus objetivos, em um período específico de tempo”.

Um exemplo disso, segundo o especialista, é quando a pessoa tem uma lacuna de organização e esse é o principal ponto de desenvolvimento em suas funções. Neste caso, ela precisa de um tempo para corrigir a rota e perceber o que pode acontecer com a sua carreira, caso consiga desenvolver esse ponto.

“Quando o profissional percebe que se desenvolveu nesses aspectos e nada aconteceu com sua carreira ou que não há um tempo específico para que ele colha os frutos do seu esforço, a tendência é a desmotivação e, por consequência, o turnover”.

Seis dicas
Para ajudar os interessados a crescer na carreira, Delft apontou seis dicas. Confira:

  • Seja paciente e menos impulsivo: o profissional precisa se adaptar à realidade da empresa para a qual trabalha e aguardar o momento certo para ser reconhecido
  • Proatividade: as empresas ficam atentas aos profissionais que têm atitude e são prestativos. É um bom caminho para ser promovido
  • Aguardar a hora certa: é importante que o profissional avalie muito bem a área e o setor em que a empresa atua. Momentos de crise podem frear promoções e contratações
  • Diálogo e proximidade com o gestor: a convivência diária com o chefe pode ajudar no desenvolvimento profissional e a melhorar o relacionamento com a liderança
  • Buscar realização profissional: o bem-estar no trabalho é essencial para o sucesso na carreira. Pessoas que estão felizes onde trabalham têm mais chances de progresso profissional.
  • Aperfeiçoar a carreira: as empresas buscam constantemente profissionais com melhor nível de especialização. Quem tiver esta qualificação está um passo à frente.