Líder de TI está cada vez mais ligado às estratégias de negócio, revela pesquisa

"Ele faz parte do time de liderança sênior e participa ativamente das decisões estratégicas", diz sócio da IBM Brasil

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Os executivos de tecnologia da informação de todo o mundo estão cada vez mais engajados ao negócio da empresa, revelou o estudo “A nova voz do CIO” da IBM.

No total, 57% dos 2,5 mil profissionais consultados em quase 80 países disseram passar a maior parte do tempo discutindo estratégias de negócio. No Brasil, onde 130 líderes de TI foram ouvidos, a proporção foi de 55%.

De acordo com o sócio da consultoria IBM Brasil, Martiniano Lopes, o papel do CIO está mudando para algo mais colaborativo. “Ele faz parte do time de liderança sênior e participa ativamente das decisões estratégicas, promovendo inovação e implementando processos e sistemas mais inteligentes por toda a organização a fim de agregar valor ao negócio”.

Aprenda a investir na bolsa

Nas empresas mais lucrativas em todo o mundo, os CIOs gastam em média o dobro de tempo promovendo visão de negócios do que aqueles que atuam nas empresas de baixa performance.

Preocupações do CIO

O estudo mundial apontou que os executivos de TI estão preocupados com mudanças nos modelos de negócios, orçamento e fatores macroeconômicos, sendo que este último está em destaque entre os profissionais do Brasil.

“Metade dos entrevistados demonstrou preocupação com a economia brasileira. Isso pode ser explicado devido à estabilidade econômica ainda recente no País e pela inserção do Brasil na economia global”, disse Lopes.

Uma outra fonte de preocupação dos brasileiros é a regulação, devido à presença governamental em alguns setores como exploração de petróleo, telecomunicações e finanças. No total, 38% dos CIOs brasileiros apontaram essa preocupação.

Qualificação dos executivos

Seis características são essenciais ao CIO qualificado para o futuro, segundo apontou a pesquisa: visionário, pragmático, sagaz e criador de valor, preocupado com a redução de custos, líder colaborativo de negócios e inspirador da equipe.

O estudo apontou sugestões para os líderes de TI seguirem esse caminho:

  • Promover a integração entre TI e negócios;
  • Incentivar a inovação;
  • Expandir a importância do papel do CIO;
  • Colaborar com a visão empresarial;
  • Promover a colaboração e o uso de parceiros de negócios;
  • Decodificar os dados, entregando informações pertinentes ao negócio;
  • Promover novos canais de interação com o consumidor;
  • Ampliar a integração e a transparência;
  • Padronizar processos e criar sistemas mais eficientes;
  • Implementar uma infraestrutura compartilhada e dinâmica;
  • Profundo conhecimento do negócio;
  • Liderar e dedicar parte do seu tempo à inovação.

      PUBLICIDADE