Em carreira / gestao-e-lideranca

Mackenzie Bezos promete doar metade da fortuna de US$ 37 bilhões

Mackenzie faz parte do grupo de 19 novos signatários da Giving Pledge, que prometeram doar parte de suas fortunas para filantropia ou ações de caridade    

MacKenzie Bezos
(Reprodução / Instagram)

(Bloomberg) - Mackenzie Bezos prometeu doar pelo menos metade dos US$ 37 bilhões que vai receber de seu divórcio do fundador da Amazon.com, Jeff Bezos. 

Mackenzie faz parte do grupo de 19 novos signatários da Giving Pledge, que prometeram doar mais de 50% da fortuna para filantropia ou ações de caridade, seja em vida ou em testamento, disse a organização na terça-feira. A Giving Pledge foi fundada por Bill e Melinda Gates e Warren Buffett em 2010 e agora conta 204 participantes de 23 países.

“Tenho uma quantia desproporcional de dinheiro para compartilhar”, disse MacKenzie Bezos, de 49 anos. “Minha abordagem em relação à filantropia vai continuar a ser cuidadosa. Vai levar tempo, esforço e cuidado. Mas não vou esperar. E vou continuar até que o cofre esteja vazio."

Outros novos signatários incluem o titã de hedge fund Paul Tudor Jones, o investidor de capital de risco Chris Sacca e o cofundador do WhatsApp Brian Acton. David Harding, o bilionário britânico que fundou a Winton Capital, também assinou o compromisso.

Cumprir os requisitos da promessa pode ser complicado em um mundo onde os ricos acumulam mais fortuna do que nunca. Desde 2010, Buffett doou ações da Berkshire Hathaway no valor de mais de US$ 30 bilhões no momento das doações. Ainda assim, sua fortuna é cerca de 85% maior do que na época de sua carta de 2010, graças à valorização das ações da Berkshire.

Jeff Bezos, a pessoa mais rica do mundo, não assinou o compromisso e foi criticado por suas ações filantrópicas relativamente modestas.

Em 2017, ele pediu recomendações em um tuíte sobre como poderia usar melhor sua fortuna para ajudar as pessoas “neste exato momento”, antes de anunciar uma promessa de doar de US$ 2 bilhões para apoiar iniciativas em educação e para os sem-teto em setembro de 2018.

Bezos voltou a tuitar na terça-feira para elogiar a decisão da ex-esposa.

O casal anunciou o divórcio em janeiro. Como parte da divisão de bens, MacKenzie Bezos vai receber uma participação de 4% na Amazon. Jeff Bezos vai ficar com uma fatia de 12%, além de outros ativos, como o jornal Washington Post e a empresa de exploração espacial Blue Origin.

Invista seu dinheiro para realizar seus maiores sonhos. Abra uma conta na XP - é de graça. 

--Com a colaboração de Zoya Khan.

Repórter da matéria original: Tom Metcalf em Londres, tmetcalf7@bloomberg.net

Para entrar em contato com os editores responsáveis: Pierre Paulden, ppaulden@bloomberg.net, ;Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.net, Steven Crabill, Peter Eichenbaum

©2019 Bloomberg L.P.

 

Contato