Em carreira / gestao-e-lideranca

Divórcio pode tornar MacKenzie Bezos a mulher mais rica do mundo

Fundador da Amazon e uma de suas funcionárias mais antigas anunciaram separação nesta semana 

Jeff e Mackenzie Bezos
(Reprodução/Instagram)

(Bloomberg) -- O divórcio de MacKenzie Bezos do fundador da Amazon, Jeff Bezos, pode transformá-la na mulher mais rica do mundo.

No momento, Françoise Bettencourt Meyers, neta do fundador da fabricante de cosméticos L’Oreal, é a mulher mais rica do mundo, com um patrimônio líquido de US$ 45,6 bilhões, segundo o Bloomberg Billionaires Index, um ranking das 500 pessoas mais ricas do mundo.

Nem os Bezos, nem a Amazon comentaram sobre a provável divisão dos ativos do casal, incluindo uma participação de 16 por cento na empresa. Mas se não houver nenhum acordo estipulando o contrário, a riqueza deles quase certamente será dividida igualmente, segundo Karin Lundell, sócia do escritório de advocacia Rower, em Nova York.

Com US$ 137,2 bilhões, Jeff é a pessoa mais rica do mundo, segundo o Bloomberg Billionaires Index; uma divisão em partes iguais faria de MacKenzie, uma escritora, a mulher mais rica, com cerca de US$ 69 bilhões. Mas mesmo que ela recebesse apenas 1 por cento da fortuna, ainda assim entraria para o clube dos bilionários.

A maioria das 66 mulheres presentes no índice da Bloomberg conseguiu sua riqueza por mortes ou divórcios. Na lista, há apenas seis mulheres que fizeram sua própria fortuna, contra 313 homens.

Os Bezos anunciaram o rompimento na quarta-feira, em um tuíte assinado pelos dois cônjuges.

--Com a colaboração de Ben Steverman.

Repórter da matéria original: Sophie Alexander em N York, salexander82@bloomberg.net

Para entrar em contato com os editores responsáveis: Pierre Paulden, ppaulden@bloomberg.net, ;Janet Paskin, jpaskin@bloomberg.net, Steven Crabill, Peter Eichenbaum

©2019 Bloomberg L.P.

 

Contato