Em carreira / gestao-e-lideranca

10 livros que todos deveriam ler aos 30 anos

Entre os mais diversos temas, a lista passa de questões como raça e gênero, relacionamentos até questões sociológicas e econômicas

Funcionários
(Shutterstock )

SÃO PAULO – A fase dos 30 anos pode ser uma das melhores da sua vida. Se por um lado, pode ficar mais complicado com diversas mudanças no âmbito pessoal como a construção de uma família, por exemplo, por outro pode ser um bom momento para consolidar sua carreira e aprendizados.

Considerando isso, o Business Insider selecionou 10 livros que todo mundo deveria ler aos 30 anos. Entre os mais diversos temas, a lista passa de questões como raça e gênero, relacionamentos até questões sociológicas e econômicas. Não há ordem correta de leitura.

Confira:

1. Americanah, de Chimamanda Ngozi Adichie

O livro conta a história de um amor que trata de questões de raça, gênero e identidade em Lagos, em 1990. Ifemelu e Obinze vivem um amor enquanto a Nigéria enfrenta tempos sombrios sob um governo militar.

2. Eu te darei o sol, de Jandy Nelson

É um livro sobre o relacionamento de Noah e Jude e seus respectivos problemas. O livro é contado por ambas as perspectivas. Uma perda trágica separa os dois e a história começa a trilhar caminhos mais sombrios.  

3.  A Fantástica Vida Breve de Oscar Wao, de Junot Díaz

A vida nunca foi fácil para Oscar: ele é um típico nerd, gentil e obeso. Mora na periferia de Nova Jersey. Ele é professor de redação, mas não tem nenhuma obra publicada. O livro ganhou o prêmio Politzer de Ficção e é considerado um dos melhores romances do século XXI.

4.  O ponto da virada, de Malcolm Gladwell

O jornalista Malcolm Gladwell analisa como ocorrem as grandes mudanças na sociedade e porque acontecem de forma repentina, sem que ninguém as espere. Entre as observações e análises, o autor discute o que faz com que um produto, um serviço ou mesmo atitudes virem moda da noite para o dia, por exemplo.

5. Flow, de Mihaly Csikszentmihalyi

As famosas investigações do psicólogo Mihaly Csikszentmihalyi revelaram um estado de consciência chamado fluxo. Durante o fluxo, as pessoas geralmente experimentam um profundo prazer, criatividade e um envolvimento total com a vida. O livro ensina como ordenar as informações que entram em nossa consciência.

6. Pequenas delicadezas, de Cheryl Strayed

Centenas de pessoas buscaram os conselhos do Dear Sugar na coluna do site Rumpus – uma comunidade online sobre literatura -, mas encontraram muito mais que uma conselheira, vasculhando as ansiedades contemporâneas.

7. Expiação, de Ian McEwan

O romance conta a história de Briony Tallis, de treze anos, que testemunha um momento quente entre sua irmã mais velha, Cecilia e Robbie Turner, amigo de infância de Cecilia. Mas a compreensão incompleta de Briony sobre a vida adulta traz um crime que mudará tudo.  

8. O ano do pensamento mágico, de Joan Didion

O livro muda a todo instante. 'A vida se transforma rapidamente. A vida muda num instante. Você se senta para jantar e a vida que você conhecia acaba de repente'. Tudo isso é retratado em um casamento, em uma vida, de tempos bons e ruins que vai falar com qualquer um que já amou um marido ou esposa ou criança.

9. Má Feminista - Ensaios Provocativos de Uma Ativista Desastrosa, de Roxanne Gay

Nesta seleção de ensaios engraçados e perspicazes, Roxane Gay nos leva a uma viagem sobre sua própria evolução como mulher negra, ao mesmo tempo em que nos transporta a um passeio pela cultura nos últimos anos.

10. Autorretrato do escritor enquanto corredor de fundo, de Haruki Murakami

A obra é um livro de memórias do escritor japonês Haruki Murakami no qual escreve acerca do seu interesse e envolvimento em corridas de longa distância e a escrita.

 

Contato