aumento de 16%

Férias de verão impulsionaram 29 mil contratações temporárias

O número representa um aumento de 16% em relação ao mesmo período do ano anterior, de acordo com pesquisa

SÃO PAULO – Durante as férias de verão deste ano, mais de 29 mil trabalhadores temporários foram contratados em todo o Brasil. O número representa um aumento de 16% em relação ao mesmo período do ano anterior, de acordo com o levantamento da Asserttem (Associação Brasileira das Empresas de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário) e do Sindeprestem (Sindicato das Empresas Prestadoras de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário de São Paulo).

Entre os segmentos da indústria, comércio, lazer e entretenimento, a maioria das vagas foi em parques de diversões, pelo grande movimento nesta época do ano. Mais de 23% das oportunidades, ou 7 mil contratos, foram destinadas aos jovens sem experiência.

Nas férias deste ano, a média de efetivação dos temporários ficou em torno de 10%, ou seja, mais de 3 mil trabalhadores efetivados no emprego temporário. “O número de efetivações este ano superou em 7% o registrado nas férias de verão de 2011”, acrescenta a presidente da Asserttem e diretora de Comunicação do Sindeprestem, Jismália de Oliveira Alves

PUBLICIDADE

Setores
Lazer e entretenimento foram os que mais contrataram trabalhadores temporários., responsável 86% das vagas. As oportunidades foram abertas em parques temáticos, parques aquáticos e de diversão, clubes, hotéis, pousadas, acampamentos, bares e restaurantes e agências de turismo.

Indústria e comércio representaram 14% das vagas abertas, ou 4 mil temporários no comércio de produtos para lazer, marketing promocional e eventos.

Regiões
Já por regiões, o Sudeste liderou as contratações temporárias nas férias, responsável por mais da metade delas. O Sul representou 20% das contratações do País, seguido pelo Nordeste, Centro Oeste e Norte.