AO VIVO Por Dentro dos Resultados: CEO da GPC divulga e comenta os resultados da empresa no 3º trimestre

Por Dentro dos Resultados: CEO da GPC divulga e comenta os resultados da empresa no 3º trimestre

Executivos: indústria é o setor que oferece mais oportunidades

Pesquisa revela que a indústria foi destaque em criação de vagas para executivos no oitavo mês do ano, tanto em SP como no RJ

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Executivos em busca de um outro posto no mercado de trabalho podem encontrar o que tanto desejam na indústria. É este o segmento que mais tem oferecido oportunidades para pessoas que atingiram o nível hierárquico.

Na cidade de São Paulo, por exemplo, do total de vagas para executivos abertas em agosto, 45% estavam na indústria. Já na cidade do Rio de Janeiro a proporção é menor, mas mesmo assim a mais significativa, com a indústria representando 36% do total.

Os dados são da Right Management, consultoria organizacional. De acordo com a diretora de Transição de Carreira da Right, Matilde Berna, ao longo deste ano, o setor industrial vem se mantendo bastante aquecido para os executivos.

Segmentos

Aprenda a investir na bolsa

Conforme mostraram os dados, existem alguns segmentos da indústria de São Paulo que se destacam na oferta de vagas para executivos, a exemplo do automotivo e de autopeças, que no mês de agosto respondeu por 25,2% das vagas abertas em São Paulo.

Outros segmentos que se destacaram, no caso da indústria em São Paulo, foram construção civil (13,3%), alimentos/bebidas (8%), metalurgias/siderurgias/fundição (7,3%). De acordo com Matilde, “já há um ano os segmentos automobilístico e de construção civil lideram as estatísticas, e são responsáveis por cerca de 38% das oportunidades”.

Enquanto isso, no Rio de Janeiro os executivos encontraram mais oportunidades no segmento petroquímico/petróleo (23,3%), metalurgia/siderurgia/fundição (16,3%) e farmacêutico (14%).

Mais oportunidades

Em São Paulo, as áreas comercial e financeira foram destaque no total de oportunidades oferecidas no mês de agosto, com 19,7% e 18,6%, respectivamente. No Rio de Janeiro, por sua vez, além da indústria, vale ressaltar a criação de vagas também das áreas financeira (25,4%) e comercial (16,9%).

Apesar de um grande número de oportunidades, também existe uma concorrência entre executivos. “Não são somente os executivos em transição de carreira que buscam por oportunidades. Também os executivos empregados estão em busca de novos desafios, aumentando assim essa concorrência”, afirmou.

Conforme explicou Matilde, esta é uma época do ano em que a busca por executivos fica mais evidente, ainda mais com um cenário nacional positivo: investimento das empresas, novos projetos, novas operações no Brasil. “O ano de 2009 tende a apresentar um cenário positivo, porém é muito difícil avaliar se manterá os números de 2008”.

Procura por novo emprego

PUBLICIDADE

Entre executivos, apenas a motivação financeira não basta para a troca de um emprego. O principal fator que os leva a buscar uma nova posição no mercado de trabalho é a perspectiva de crescimento.

Pesquisa realizada pela Catho Online com cerca de 400 executivos mostrou que 75% deles buscam a transição quando desejam uma carreira que ofereça mais oportunidades. Outro 5% dos entrevistados mencionaram a possibilidade de aumento real e substancial em salários ou benefícios como motivação para a busca de uma posição nova no mercado.

A proporção de homens que apontaram a perspectiva de crescimento (76,14%) foi maior do que a de mulheres (72,85%). A pesquisa, intitulada “O executivo e a transição de carreira”, foi realizada em todo o estado de São Paulo entre os meses de julho e agosto deste ano.