Em carreira / emprego

Caixa fará processo seletivo para vice-presidentes; ganhos anuais ultrapassam R$ 1 milhão

Três das quatro vice-presidências do banco estão desocupadas desde janeiro; vagas são para corporativo, fundos de governo e loteria, governo e habitação

agência da Caixa
(Tânia Rêgo/ABr)

SÃO PAULO – A Caixa Econômica Federal abriu na última sexta-feira (10) o processo seletivo para os cargos de vice-presidente nas áreas de corporativo, fundos de governo e loterias, governo e habitação.

Segundo o informe do banco, a remuneração para o cargo supera os R$ 650 mil ao ano, cerca de R$ 50 mil ao mês, valor que não inclui a remuneração anual variável, de até R$ 286 mil, e os R$ 109 mil em benefícios. No total, o executivo recebe mais de R$ 1 milhão por ano.

As inscrições para o processo seletivo vão até a próxima segunda-feira (20). Podem participar dele pessoas que já trabalham na Caixa ou externos que cumpram os requisitos dos cargos e, segundo o banco, não tenham impedimentos previstos em lei.

As exigências variam para os candidatos internos e externos. No caso do primeiro, são: dez anos na instituição, já ter exercido cargo estatuário, curso superior completo e ingresso no banco por meio de concurso público, entre outras. Para candidatos externos: no mínimo dez anos no setor público ou privado no setor bancário e quatro anos em cargo de direção ou conselho de administração em empresa de porte da Caixa, entre outras.

De acordo com o Estado de S. Paulo, a Caixa conta com quatro vice-presidências e três elas estão desocupadas desde janeiro, após o presidente Michel Temer destituir quatro executivos por recomendação do Ministério Público Federal do Distrito Federal e do Banco Central, por suspeitas de corrupção.

 

Contato