AO VIVO Análise Técnica na prática: como um trader ganha dinheiro na Bolsa?

Análise Técnica na prática: como um trader ganha dinheiro na Bolsa?

Emprego é preocupação número um da população mundial, revela pesquisa

No Brasil, o desenvolvimento de oportunidades é apontada como a segunda prioridade entre a população

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Enquanto a população mundial acredita ser prioridade número um o desenvolvimento de oportunidades de trabalho nas áreas locais, no Brasil, a primeira preocupação é com os serviços de saúde, sendo que as vagas no mundo corporativo ficaram com a segunda posição.

Os dados são de relatório realizado pela Ipsos, que mede quanto estão satisfeitos ou insatisfeitos os residentes de 23 países do mundo em relação aos locais onde vivem e quais as três principais prioridades que cada um deles deseja para desenvolver sua comunidade.

No Brasil, 62% responderam que a prioridade são os serviços de saúde, enquanto 56% apontaram as oportunidades de trabalho e 56%, o nível de criminalidade. No mundo, por sua vez, 42% acreditam que a prioridade são as oportunidades de emprego, enquanto 39% citaram reparos no asfalto das vias e 37%, níveis salariais e custo de vida.

Aprenda a investir na bolsa

“Nosso estudo mostra o quanto a satisfação com as áreas locais varia de um país para outro – mas também que muitas preocupações são bastante consistentes em todo o mundo. Os cidadãos globais estão preocupados principalmente com a economia e com o emprego, mas também com coisas relativamente pequenas, tais como ruas limpas”, ressalta o diretor do Ipsos Social Research Institute, Bobby Duffy.

Satisfação
Os brasileiros ocuparam a 13ª posição entre a população mais satisfeita com as comunidades locais, conforme mostra a tabela abaixo:

Satisfação com o local onde vive
PosiçãoPaísPercentual de satisfeitos
Holanda85%
Canadá83%
Austrália82%
Índia76%
Alemanha74%
Estados Unidos73%
Grã-Bretanha

72%

República Tcheca70%
Suécia69%
10ºMéxico67%
11ºEspanha64%
11ºBélgica64%
12ºPolônia63%
12ºArgentina63%
13ºBrasil61%
14ºFrança56%
14ºTurquia56%
15ºItália52%
16ºRússia49%
17ºJapão48%
18ºChina46%
19ºHungria45%
20ºCoreia do Sul34%