Dica em momento de crise é criar: confira cinco passos para a inovação!

Autor do livro "Usina de Inovações" diz "entenda os fatores inibidores e facilitadores da inovação"

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Diante da crise global, enquanto alguns líderes estão “puxando o freio de mão”, prevendo um cenário ruim para os próximos meses, outros estão “acelerando na contramão“, vislumbrando 2009 como um período cheio de oportunidades, nas palavras do sócio-diretor da Pieracciani Desenvolvimento de Empresas e autor do livro “Usina de Inovações”, Valter Pieracciani.

De acordo com ele, os líderes das empresas, ao vislumbrar 2009, têm consciência de que os efeitos da crise dependem 90% da reação que terão. “Sabem que suas atitudes e decisões é que determinarão a realidade futura. Em outras palavras, de que a solução depende da sua capacidade de aproveitar o momento para desenvolver e perpetuar uma cultura de inovação”.

A história, conforme afirmou Pieracciani, mostrou que choques, crises e inversões de sentido na economia são combustíveis para as empresas inovarem e se consolidarem.

Atitudes

Aprenda a investir na bolsa

Além disso, os líderes inovadores estão empenhados, neste momento, em descobrir as tendências e “novas partes interessadas”: a mídia, as ONGs e outras tantas variáveis que terão papel relevante mundialmente. Eles buscam antecipar-se às suas expectativas e concepções de valor, descobrir e focalizar que tipo de benefícios se tornaram relevantes aos clientes.

Antes de simplesmente “andar na contramão” e inovar, o líder deve analisar o cenário que lhe é apresentado, mapear fatores inibidores e facilitadores da inovação, bem como desenvolver em detalhes o seu processo de transformação.

“Mexer nos processos e em como as coisas acontecem. Entender, nessa nova realidade, o que é importante para o cliente. Capacitar as pessoas e obter sua atenção e energia para um projeto bem estruturado e de curto prazo, para a transformação da empresa. Se não for feito tudo isso, elas (empresas) tenderão naturalmente a colocar energia em sua preservação. Perdem todos, empresa e equipes”, afirmou o sócio-diretor.

Cinco passos

Antes de inovar, ele dá as seguintes dicas a empresas, líderes, profissionais:

  1. Esqueça, ao menos por enquanto, do paradigma da redução de custos que hoje circula em suas veias;
  2. Constitua e implante um comitê de inovação;
  3. Defina uma estratégia de inovação, planeje, defina as etapas, construa o projeto passo-a-passo, deixando claros prazos e metas;
  4. Entenda os fatores inibidores e facilitadores da inovação. Ataque-os e saia na frente;
  5. Prepare também um bom plano de comunicação. Não se faz uma empresa inovadora sem a decisão de todos.