AO VIVO Sócio da Arko e analista da XP avaliam o último debate entre Trump e Biden antes da eleição nos EUA

Sócio da Arko e analista da XP avaliam o último debate entre Trump e Biden antes da eleição nos EUA

Corrida para ocupação de vagas temporárias começa em outubro

Para este ano, estima-se que sejam criadas 80 mil vagas nos shoppings do País para o Natal e Ano Novo

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Com a proximidade do final de ano e a perspectiva de aquecimento do comércio com as vendas de Natal e Reveillon, chega também o período de contratações temporárias.

Este sistema é interessante para os lojistas, pois permite que eles contratem funcionários conforme a demanda de trabalho. Também alivia o “aperto” no bolso do trabalhador desempregado, que tem a oportunidade de faturar algum dinheiro com as vendas aquecidas.

Em 2005, serão abertas 80 mil vagas

De acordo com a Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), a previsão é de que este ano sejam criadas 80 mil vagas temporárias em todo o Brasil, contra as 70 mil vagas abertas no setor, em 2004. Deste total de trabalhadores, cerca de 25% são efetivados todos os anos.

Aprenda a investir na bolsa

Para a Associação, um dos motivos do aumento de 14,29% na quantidade de vagas oferecidas neste ano, é que também vem crescendo o número de shoppings em obras e em projeto.

Estabilidade em São Paulo

O presidente do Sindicato dos Comerciários de São Paulo, Ricardo Patah, estima que 35 mil vagas temporárias serão abertas a partir de outubro, em São Paulo, a mesma quantidade registrada em 2004.

Do total de contratados, 60% são mulheres (21 mil) e 30% atuam no mercado de trabalho pela primeira vez (10,5 mil). São jovens que buscam um dinheiro rápido para gastar nas férias de janeiro. O presidente do sindicato estima que 30% dos temporários sejam efetivados após as Festas.

Leia também:

Saiba tudo sobre os direitos dos trabalhadores temporários