rede profissional

Conheça as 3 regras de etiqueta do LinkedIn

É crucial que você conheça qual é a melhor forma de agir na rede social, já que o seu perfil é o seu espelho profissional

SÃO PAULO – Para qualquer pessoa que está iniciando a sua carreira, ter um perfil no LinkedIn é vital para poder se conectar e conhecer contatos. Por isso, é crucial que você conheça qual é a melhor forma de agir na rede social, já que o seu perfil é o seu espelho profissional.

A seguir, descubra o que você deve e o que não deve fazer no seu perfil do LinkedIn:

1 – Pedindo por recomendações
Os pedidos de recomendação no LinkedIn são as versões virtuais das cartas de recomendação. Se você quer usar o seu LinkedIn como uma ferramenta séria para a sua carreira, cartas de recomendação são essenciais para isso. Recomendações dão maior credibilidade e aumentam a sensação de um perfil atualizado e completo. Entretanto, você deve pedir recomendações de pessoas que conhece bem e que possam falar sobre as suas qualidades e casos de sucesso. Se você está procurando por um estágio, ou não tem nenhuma experiência, peça para que os seus professores escrevam algo sobre você.

PUBLICIDADE

Quando for pedir, seja educado e coloque todos os motivos sinceros do por que você querer aquela recomendação. Caso seja um chefe antigo, ajude-o a lembrar de todas as suas conquistas e como você era um bom funcionário. Quando a recomendação ficar pronta, pergunte se você pode colocar o perfil da pessoa junto à carta, para que os outros vejam quem a escreveu. Além disso, jamais se esqueça de agradecer pelo tempo e boa vontade da pessoa que escreveu.

2 – Atualizações
Não fique atualizando o seu LinkedIn como se fosse o seu Twitter. Não poste vídeos engraçados, pensamentos aleatórios ou piadinhas – o LinkedIn é uma rede profissional e deve ser usada com seriedade. Não sincronize as suas outras redes sociais com o LinkedIn para que seus contatos vejam as suas atualizações pessoais. As atualizações na sua rede profissional devem ter utilidade e importância para a sua carreira, ou seja, algo que te dê uma boa imagem como profissional.

3 – Convidando pessoas para o seu network
Convidar pessoas para a sua rede é uma das funções mais básicas do LinkedIn. Entretanto, por mais simples pareça, convidar certas pessoas pode ser um pouco difícil. O LinkedIn foi feito para aproximar contatos que realmente se conheçam no dia a dia ou tenham interesses em comum. Amigos, professores, colegas de trabalho, e profissionais de antigos empregos são ótimos para aumentar a sua rede de contato. Mas, se você não conhece muito bem a pessoa que você deseja adicionar, pode ficar um pouco mais complicado para escolher uma rede.

Para evitar qualquer problema, é essencial que você, antes de tudo, veja o perfil da pessoa para identificar qual seria o melhor grupo para encaixá-la. Descubra quais grupos ela participa, de quais círculos ela faz parte, e veja como você pode colocá-la em sua rede. Depois, usando o grupo, explique porque você está querendo adicionar a pessoa. Não coloque simplesmente o seu ex-chefe no grupo de “amigos”.

Veja mais matérias de Carreira no Universia.